TCM pune ex-prefeito de Caturama por contratação de temporários

06 Set 2017 - 11:00h

O ex-prefeito de Caturama, Hugo Guedes Mendonça (PTB), deverá ser investigado pelo Ministério Público Estadual (MPE), a pedido do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), para apurar a prática de ato de improbidade administrativa em face da contratação excessiva de servidores temporários no exercício de 2016. As contratações ultrapassariam em 210,49% as contratações efetivas. No prazo de seis meses, a prefeitura deve regularizar o seu quadro funcional. O ex-gestor foi multado em R$ 5 mil. Embora tenha apresentada lei municipal para realizar as contratações temporárias, ele deixou de justificá-las adequadamente. Ainda cabe recurso da decisão.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias