Parentes de políticos passam em concurso e candidatos denunciam irregularidade em Conceição de Feira

31 Jan 2020 - 08:30h

Candidatos que fizeram concurso público na cidade de Conceição da Feira, no interior baiano, denunciaram irregularidades no certame que aconteceu em dezembro do ano passado. Após denúncias, o Ministério Público e a Polícia Civil começaram a investigar o caso.A maior reclamação dos candidatos é de que os primeiros colocados do concurso são todos parentes de vereadores da cidade. Os moradores também reclamam de irregularidades na fiscalização das provas. A técnica de enfermagem e pedagoga Julineide Cerqueira fez duas provas, para os cargos de serviços gerais e pedagogia. A mulher reclama da postura dos fiscais de sala, que segundo ela, se concentravam na porta do local e também não acompanhavam os candidatos que queriam ir ao banheiro. Em nota, o procurador do Município Ricardo Dantas, disse que a prefeitura realizou um processo de licitação e nesse período duas empresas se inscreveram. Ele falou que a prefeitura vai abrir uma sindicância para apurar a situação do concurso. A reportagem procurou a empresa Suprema, responsável pelo concurso, mas ela não quis se pronunciar sobre a denúncia dos candidatos. A empresa contou que está há cinco anos no mercado, já realizou mais de 20 concursos, nas cidades de Candeias, Feira de Santana e no estado do Espírito Santo.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias