Barreiras: Jovem de 22 anos denuncia abuso sexual dentro de ambulância do Samu

21 Out 2020 - 09:30h

Uma jovem de 22 anos denunciou que foi abusada sexualmente dentro de uma ambulância, por um paramédico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em Barreiras, cidade no oeste da Bahia. As informações são do G1. O caso foi registrado na delegacia. De acordo com a polícia, a situação aconteceu na noite de sábado (17), por volta das 23h30. A jovem estava jogando futebol com amigos e se sentiu mal. O grupo chamou o Samu, que foi até o local em que a partida estava sendo disputada para fazer o atendimento. Na ambulância estavam quatro pessoas, sendo que três permaneceram na parte de frente do veículo, e apenas o socorrista suspeito do crime, estava atrás com a vítima que passava mal. A jovem relatou à polícia que o paramédico passou a mão nos seios dela e acariciou o órgão genital dela durante o trajeto. Apesar de não estar se sentindo bem, a vítima reagiu ao abuso, confrontou o paramédico e ele parou com a ação. Ela, então, procurou a delegacia, onde registrou a queixa contra o suspeito. Os nomes da vítima e do suspeito não foram divulgados.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias