Eleições 2020: Candidatos decidem suspender atos de campanha presenciais em Aracatu

30 Out 2020 - 14:00h

Em reunião realizada na última terça-feira (27), os representantes do Partido da Social Democracia Brasileira (PSD) e da Coligação “Juntos Podemos Mais”, em Aracatu, a 36 km de Brumado, deliberaram, sob a coordenação do Promotor de Justiça da 90ª Zona Eleitoral, Millen Castro Medeiros de Moura, acerca da suspensão, de imediato, de todo e qualquer ato de campanha/propaganda política presencial, como comício, passeatas, reunião pública, carreata ou caminhada. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, a medida leva em conta a dificuldade de os partidos, candidatos e coligações garantirem o limite de 100 pessoas nos eventos, conforme estabelecido nas recomendações sanitárias do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e da Secretaria Estadual de Saúde a fim de conter a proliferação do coronavírus. Na reunião, os presentes reconheceram a inviabilidade de se cumprir as resoluções sanitárias e ainda concordaram, por unanimidade, por fazer cessar os atos de campanha que envolvam fogos de artifício e o emprego de paredão de som. “Tal deliberação espontânea decorre da autonomia das agremiações partidárias que optaram por não mais fazer uso do seu direito à propaganda em locais públicos em prol da preservação da saúde para evitar a disseminação do coronavírus. O seu descumprimento somente poderá gerar ônus políticos diante da população a quem deverá satisfação pelo compromisso assumido, não havendo sanção legal, uma vez que a legislação eleitoral não a estabelece, a não ser que haja determinação judicial, o que não houve neste caso”, declarou o promotor. 

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias