Brumado: Em expansão, Bravo chega a seis estados mediante plataforma de ensino à distância

07 Jun 2021 - 12:00h

A empresa WSouza Sistemas e a Lyceu Educacional estão expandindo o Sistema Bravo para atender os municípios mediante a oferta de uma completa plataforma de ensino emergencial à distância. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o programador Willian Souza disse que, neste momento, o sistema de gestão escolar está se preparando para chegar a 6 estados. “Já são quase 80 municípios atendidos pelo Sistema de Gestão Escolar Bravo. Uma surpresa e uma gratidão muito grande em estar fazendo o dever de casa”, destacou. Primeiro sistema desenvolvido para o ensino emergencial à distância na região, o Bravo atende, hoje, a mais de 20 municípios no sudoeste da Bahia.

Souza deixou claro que o objetivo do sistema não é substituir as aulas presenciais, mas sim ser uma ferramenta para auxiliar os professores nesse momento e também no pós-pandemia, visto que o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) possui diversas possibilidades de interações entre educadores e alunos. “Estamos preparando o lançamento de novas versões com esse intuito. A gente acredita no ensino híbrido. Com o retorno das aulas presenciais, a plataforma continuará sendo utilizada, para compensar a lacuna de 2020 e para manter os alunos ativos no contraturno”, declarou. Para se ter uma ideia da importância do sistema, no primeiro semestre de 2021, o Bravo cresceu mais de 400%.

Comentários

Clarinda de Sousa Farias

"Essa ferramenta foi a nossa salvação nesse período de pandemia. Sou diretora da escola Centro Educacional de Ibiassucê de Ibiassucê e estamos usando essa tecnologia para ministrar nossas aulas. Quem ainda não aderiu ao sistema Bravo, procure fazer isso o mais rápido possível e verá como o ensino aprendizagem terá um índice bem maior."



Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias