Brumado: Empreiteiras da Coelba atrasam pagamentos de operários e sindicato teme calotes

30 Nov 2021 - 07:00h

Há cerca de duas semanas, funcionários de uma empresa terceirizada da Coelba cobram o pagamento de salários atrasados. Na última semana, após protesto dos trabalhadores, a empresa sinalizou que o pagamento dos vencimentos atrasados seria feito, o que não aconteceu (veja aqui). Os funcionários alegam que, além dos salários, a terceirizada deve aviso prévio indenizatório e adicionais noturnos. O sindicato que representa a categoria esteve em Brumado e se surpreendeu com a situação. Representante do órgão, Maria Cecília informou ao site Achei Sudoeste que outros trabalhadores de empresas terceirizadas da Coelba também reclamam de atrasos no pagamento dos salários, não recebimento do ticket alimentação e não pagamento do FGTS e de horas extras. Cecília teme que os operários do setor de construção civil sofram um calote. “Temos essa preocupação. Eles estão nos enrolando e não dá pra gente ou para os trabalhadores uma resposta definitiva. Um joga para o outro e os trabalhadores estão no prejuízo”, afirmou. O sindicato já notificou a empresa determinando prazo de 10 dias para que o pagamento seja realizado. Caso contrário, o órgão acionará a justiça para resguardar os direitos da categoria. 

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias