Achei Sudoeste

BUSCA PELO ARQUIVO "04/2021"

27 Abr 2021 - 19:05h

Nesta terça-feira, 27 de abril, o município de Brumado registra 8096 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. O total de notificações suspeitas é de 18751. Entre os diagnósticos: 39 internações, 161 óbitos, 469 pacientes em tratamento e 7466 recuperados. No momento, 52 ainda aguardam resultado laboratorial e 10090 já foram descartados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.

27 Abr 2021 - 16:30h

A empresa WSouza Sistemas está contratando programadores e estagiários de cursos técnicos em informática. Os interessados devem enviar seus currículos, com a devida comprovação da formação, para o e-mail té[email protected] A empresa é reconhecida pela excelência no desenvolvimento de sistemas em toda Bahia.

27 Abr 2021 - 16:00h

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios julgaram procedentes, em parte, as conclusões da auditoria realizada no município de Caculé, que identificou irregularidades e inconsistências nos processos de compra, armazenamento e distribuição de medicamento por parte da prefeitura, nos exercícios de 2018 e 2019. O relatório da auditoria foi analisado e julgado na sessão desta terça-feira (27), realizada por meio eletrônico. O conselheiro Fernando Vita, relator do processo, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o ex-prefeito José Roberto Neves (DEM), o Beto Maradona, e o então secretário de saúde, Ricardo Silva e Silva, para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa, diante realização de dispensa de licitação, sem comprovação da situação emergencial. Os gestores ainda foram multados em R$ 4 mil cada. A auditoria temática na área da Saúde foi realizada pelo TCM em 17 municípios baianos – selecionados com base na matriz de risco elaborada a partir de informações dos bancos de dados do próprio tribunal – para averiguar os gastos com a compra de medicamentos que são distribuídos com a população, as condições de armazenamento, validade e instalações físicas das farmácias e dos equipamentos indispensáveis à conservação dos remédios. No município de Caculé, os auditores do TCM identificaram e analisaram procedimentos administrativos e contratos originários dos Pregões Presenciais para Registro de Preço n°s 008 e 018/2018, além das Dispensas de Licitação n°s 022-A/2018 e 038/2019, bem como a Inexigibilidade de Licitação de Credenciamento n° 001/2019, todas visando a aquisição de medicamentos que compõem a assistência farmacêutica básica da municipalidade, cujos valores licitados alcançaram o montante de R$1.724.875,94.

O relatório aponta que as contratações realizadas por dispensa de licitação, no valor total de R$625.105,94, decorreram de situação de “emergência fabricada”. Para o conselheiro Fernando Vita, não se admite a contratação via dispensa de licitação nos casos em que o Poder Público não adota – mera má gestão municipal – as providências necessárias para realização de procedimentos licitatórios previsíveis. Em relação às instalações do Centro de Abastecimento e Farmácia Básica e das Unidades Básicas de Saúde (UBS), os auditores do TCM apontaram a ausência de climatização na área de armazenagem de medicamentos assim como de refrigeradores necessários para armazenagem exclusiva de medicamentos termolábeis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). O relatório também indicou a existência de lavatório dentro do centro de armazenagem destinado para fins diversos, desde higiene pessoal a serviços gerais; desgaste e sinais de ferrugem em armários e prateleiras; espaço insuficiente para o armazenamento dos medicamentos; ausência de caixas para acondicionamento adequado dos medicamentos; ausência de equipamentos de combate a incêndio; e inexistência de programas de sanitização de ambientes, incluindo desratização e dedetização. A equipe responsável pela inspeção apontou, ainda, a existência de irregularidades no processo e organização do armazenamento de medicamentos, diante da falta de segregação entre os medicamentos de controle especial e o de uso comum, bem como no serviço de dispensação, vez que é realizada por atendentes na Farmácia Básica, quando a prática é atribuição privativa dos profissionais farmacêuticos. O Ministério Público de Contas, através da procuradora Aline do Rego Rio Branco, opinou pelo conhecimento e procedência parcial das conclusões da auditoria, sugerindo a aplicação de multa ao gestor. E, para as situações de dispensa de licitação sem comprovação da situação emergencial, sugeriu a formulação de representação ao Ministério Público Estadual. Cabe recurso da decisão.

27 Abr 2021 - 15:30h

Em decorrência de um acidente grave de caminhão, Romário de Sousa Teixeira, de apenas 23 anos, sofreu trauma com uma grave lesão no antebraço esquerdo. Ao chegar no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), o paciente foi avaliado e submetido a uma cirurgia para revascularização do membro e preservação da função. Por se tratar de um trauma de altíssima complexidade, que envolvia tendões, uma fratura gravíssima, lesões articulares e a lesão vascular, que é mais importante para manter a vitalidade do membro, chegou a ser cogitado a indicação da amputação do membro. No entanto, a equipe optou pela tentativa de salvar o antebraço do paciente. O procedimento, até então inédito na cidade, teve uma média de cinco horas de duração, e contou com a participação de uma equipe multidisciplinar, com experiência em microcirurgia em pacientes graves. Ao todo foram sete médicos atuando na cirurgia, incluindo especialistas em: ortopedia, cirurgia vascular, neurocirurgia e anestesia. Após a realização da cirurgia, o paciente voltou a ter vitalidade no membro, com boa circulação sanguínea.

Através da técnica microcirúrgica o ortopedista, especialista em cirurgia da mão e microcirurgia, Albércio Brito, realizou a anastomose (união de dois segmentos remanescentes do órgão) da artéria ulnar, onde o paciente teve de volta passagem de sangue daquela mão, fixação da fratura, e também, das lesões tendão. Nesse procedimento é raro se obter sucesso, porque mesmo com toda a técnica cirúrgica correta, a gravidade do trauma e o tempo que ele passou com o membro sem receber sangue nutrientes poderia já ter danificado todas as estruturas e mesmo você fazendo tudo de maneira correta, corria o risco de a mão do paciente não sobreviver,” aponta Brito. O paciente já passou por um segundo procedimento de reavaliação para saber como estavam as estruturas, se havia sinais de infecção ou necrose. Foi feita, também, uma nova limpeza. Embora Romário Teixeira já apresente excelente evolução com movimentos da mão, devido à gravidade da lesão, na qual houve grande perda de pele e músculos, o paciente permanece internado e ainda será submetido a uma série de cirurgias. Não há definição da quantidade exata, pois serão procedimentos que ocorrerão a longo prazo. Mas a princípio, o estágio mais crítico que ocorre no período entre os primeiro e segundo dias iniciais já foi superado, e o membro sobreviveu. A partir de agora, serão necessários procedimentos secundários para poder manter a função da mão. O HGVC conta com profissionais e equipamentos modernos aptos a realizar microcirurgias de emergência e eletivas. De acordo com Iogo Henrique, neurocirurgião do HGVC que também atuou no procedimento, o uso dessas técnicas permite a realização de reimplante de membros, reconstrução de grandes falhas causadas por tumores, reconstrução de nervos e vasos sanguíneos de até 0,5mm. Podendo ser aplicada em todas as áreas da medicina cirúrgica: neurocirurgia, cirurgia plástica, vascular, urologia, cirurgia de mão, oncologia, ginecologia, ortopedia, são exemplos de especialidades que têm na microcirurgia a solução de problemas antes considerados inoperáveis. A perna do paciente teve de ser amputada, e ele afirma que, logo após o procedimento, já acordou sentindo muito alívio dos incômodos que sentia. A recuperação dos procedimentos têm ocorrido de forma positiva. “Eu estou de mente tranquila, sei que foi um acidente, por isso não carrego culpa. Quando acordei, vi que minha perna estava esmagada, meu braço também esmagado. Fui socorrido e fui muito bem atendido aqui no hospital, e a isso tenho muito a agradecer a todos que me atenderam. Eu tive momentos muito difíceis com pouca chance de sobreviver, e eu sei que os médicos fizeram tudo que podiam e ainda mais um pouco”, apontou Romário Teixeira concluindo: “Agora eu estou pronto para recomeçar minha vida, eu tive uma notícia que me ajudou muito, depois de dois dias que saí da UTI, descobri que vou ser pai, então eu só tenho a agradecer e vontade de seguir”.

CONTINUE LENDO

27 Abr 2021 - 15:00h

No último domingo (25), em rondas pelo Bairro do Mercado, uma guarnição do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), deteve três homens com drogas dentro de um táxi. Segundo informou a 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) ao site Achei Sudoeste, os policiais abordaram o veículo com três passageiros e o motorista. Durante a abordagem, foram encontrados dinheiro, cocaína, crack e maconha, sendo 17 porções médias de cocaína, 01 porção de aproximadamente 250 g de cocaína, 12 porções pequenas de crack, 6 porções médias de crack, 01 balança e R$ 72. A ocorrência foi registrada na delegacia para as devidas providências. A suspeita é de que os traficantes faziam o transporte da droga de táxi.

27 Abr 2021 - 14:30h

A Nova Zelândia realizou neste sábado (24) um show para mais de 50 mil pessoas – foi o primeiro evento deste porte realizado no país desde o início da pandemia do novo coronavírus. O show aconteceu em Auckland, a maior cidade do país. De acordo com a CNN, imagens das redes sociais mostram milhares de pessoas reunidas no estádio Eden Park, sem máscaras ou necessidade de distanciamento social. A banda Six60 comandou o show, que marcou um novo passo rumo à normalidade no país. “Mais de 50 mil fãs da Six60 para comemorar o início de uma nova era para o estádio nacional da Nova Zelândia”, escreveu o Eden Park nas redes sociais. Desde o começo da pandemia, a Nova Zelândia adotou medidas como lockdown, fechamento de fronteiras e outras restrições em suas principais regiões – a estratégia fez com que o país tivesse pouco mais de 2,5 mil casos de Covid-19 e 26 mortes até esta segunda-feira (26), segundo dados da Universidade Johns Hopkins.  Nas redes sociais, a banda Six60 agradeceu ao público. “Que sonho, Eden Park. Para os livros de história. Obrigado a todos por tornarem isso possível”. Em fevereiro, a primeira-ministro Jacinda Ardern anunciou um lockdown de três dias em Auckland após três casos locais positivos para Covid-19 – na época, eram as primeiras infecções confirmadas desde o final de janeiro.

27 Abr 2021 - 14:00h

A 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) está mobilizando uma corrente solidária para ajudar famílias carentes na cidade de Brumado (veja aqui). Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o comandante da 34ª CIPM, Major Mário Cabral, informou que a campanha “drive thur” foi retomada com o objetivo de ajudar famílias carentes no município, especialmente nesse momento de crise causado pela pandemia. Por meio da campanha, a PM está arrecadando cestas básicas para as doações. Segundo o Major, a corrente de solidariedade tem tido uma excelente aceitação na cidade. “A fome não espera. Aqui na nossa cidade, as pessoas têm um espírito de solidariedade muito bom. Isso contribui para que possamos ajudar as pessoas. Somos um elo entre as pessoas de boa vontade e as que estão carentes”, disse. Para doar, os interessados podem entregar as suas doações na sede da PM ou, diretamente, aos policiais nas viaturas.

27 Abr 2021 - 12:00h

Mais um dia de vacinação contra a Covid-19 aconteceu na cidade de Brumado, nesta segunda-feira (26). O site Achei Sudoeste esteve na Escola Municipal Graça Assis acompanhando a imunização referente à segunda dose. Aos 74 anos, a dona Vitalina Santana comemorou aliviada o recebimento da segunda dose da vacina. “Estou bastante aliviada agora com as duas doses”, disse. A vacinadora Alba informou que foram distribuídas 180 fichas somente pelo período da manhã. “Está muito boa a movimentação. Está tranquilo”, afirmou.

27 Abr 2021 - 11:30h

O epidemiologista Wanderson Oliveira afirmou ao Jornal da CBN que os casos de Covid-19 devem aumentar com a chegada do inverno. Ele afirmou que estamos entrando em período de transição entre o outono e a estação mais fria do ano, quando se espera um aumento de transmissão de vírus respiratórios. Por isso, nos próximos meses, o número de casos de Covid-19 deve aumentar. O secretário de serviços integrados de saúde do STF e ex-secretário Nacional de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde defendeu que, para acelerar a vacinação contra a Covid-19, 'precisaríamos ter um reforço, trabalhando com clínicas privadas e outras instituições'.

27 Abr 2021 - 11:00h

O Governo do Estado inaugurou mais dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e dez leitos semi-utensivos para tratamento de pacientes diagnosticados com a Covid-19 no Hospital Oncológico Municipal de Caetité, a 100 km de Brumado. Agora, a unidade conta com vinte leitos para atender a pacientes da região que necessitem de cuidados intensivos e vinte leitos semi-intensivos. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) informou que a ampliação da capacidade de atendimento faz parte de um esforço para reduzir a pressão na rede assistencial que atende pacientes graves com a confirmação da doença. Agora, a região sudoeste conta, no total, com 110 leitos – 92 estão ocupados, o que equivale a 84% de ocupação. Além dos vinte leitos em Caetité, há dez leitos em Brumado, dez em Guanambi e outros 70 em Vitória da Conquista.

27 Abr 2021 - 10:30h

Instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2007, o Dia Mundial da Luta Contra a Malária (World Malaria Day) é lembrado hoje, 25. Segundo a pesquisadora Anielle Pina, do Laboratório de Pesquisa Clínica em Doenças Febris Agudas do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas da Fundação Oswaldo Cruz (INI/Fiocruz), houve uma redução expressiva da doença no Brasil nos últimos anos. De 2019 para 2020, o número de casos caiu 13%. “A gente vem em um patamar de casos muito baixo quando compara com a década passada. Acho que, ano a ano, a gente vem reduzindo o número de casos, de internações e de óbitos. Eu acho que isso é uma coisa muito importante”, afirmou Anielle. Olhando para gráficos do início dos anos 2000, vê-se que o Brasil tinha 600 mil casos de malária por volta de 2004 a 2005, com 21 mil hospitalizações e mais de 200 mortes por malária no país. Com o passar dos anos, chegou-se a 2015 com menos de 300 hospitalizações. Hoje, o Brasil registra cerca de 135 mil casos, o que é uma redução significativa, comentou a pesquisadora. No último ano, foram menos de 30 óbitos. Anielle comentou que a malária não vai deixar de ser um problema de saúde pública. É preciso fortalecer as políticas de diagnóstico, de tratamento e de vigilância dos casos, mas ela acha que “o Brasil vem respondendo bem. As nossas ações vêm dando boas respostas”. Brasil, Venezuela e Colômbia juntos respondem por 80% dos casos de malária nas Américas. De acordo com dados do Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica-Malária (Sivep-Malária), do Ministério da Saúde, mesmo com a pandemia em 2020, foram registrados no período de janeiro a junho 1.049 casos importados de outros países no Brasil, com maior ocorrência nos estados de Roraima e Amazonas. O país passou seis semanas em surto. O Sivep-Malária apontou, porém, que na maioria das semanas analisadas, o número de casos ficou abaixo do esperado para o período.

27 Abr 2021 - 10:00h

Em Brumado, a Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), a 18ª Ciretran, a 34ª CIPM e a 2ª CIPRv uniram forças em prol da realização da campanha Maio Amarelo. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Adélia Caroline, coordenadora da 18ª Ciretran, informou que, como parte da programação do evento, haverá blitz educativa todas às sextas-feiras, nos principais pontos de circulação da cidade, ao longo do mês. “O mais aguardado é a chegada do ‘amarelinho’ na segunda-feira, 3 de maio. Faremos uma carreata oficial para o pessoal conhecer o nosso amarelinho. Durante todo mês faremos blitz, carreata, passeata envolvendo a participação da comunidade”, destacou. O superintendente de trânsito José Santos garantiu que a SMTT está trabalhando com todo afinco para desenvolver o tema “Respeito e Responsabilidade” no trânsito no mês de maio. “Estaremos juntos para conscientizar a sociedade”, afirmou. O Maio Amarelo será oficialmente aberto no dia 3 de maio, às 9h.

27 Abr 2021 - 09:30h

A partir de junho, a região de Mucugê, na Chapada Diamantina, deverá contar com voos comerciais entre o município e Salvador. Projeto neste sentido está sendo articulado pelo secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, que levou à cidade técnicos para avaliarem a pista e o hangar do aeródromo da Fazenda Progresso. “A ideia é começar com dois voos semanais, as quintas e domingos, aproveitando a sequência de feriados que virá com o Corpus Christi, São João e Dois de Julho, e depois aumentar conforme a demanda”, explicou Fausto Franco. Os voos serão operados por aeronaves Caravan 208, com capacidade para nove passageiros, pela Abaeté Aviação, e contribuirão para tornar o acesso à Chapada Diamantina mais confortável, já que somente o município de Lençóis conta com aeroporto estruturado para receber voos comerciais. De acordo com os técnicos da Abaeté, a pista do aeródromo da Fazenda Progresso, que tem 1.240 metros de comprimento por 20 metros de largura, está apta a operar os voos da companhia.

27 Abr 2021 - 09:00h

Em Brumado, a campanha “AJudaê” foi iniciada por alguns movimentos sociais e pastorais com o objetivo de arrecadar alimentos, materiais de limpeza e de higiene pessoal para famílias carentes e em situação de vulnerabilidade social. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Luciane Martins, uma das criadoras do projeto, explicou que a ideia surgiu da necessidade de ajudar o próximo e tantas pessoas que não têm o básico para sobreviver no município. “Resolvemos fazer um movimento unificado para atender mais famílias. Diante da realidade que estamos vivendo hoje, nós decidimos fazer a unificação da campanha para que mais famílias possam ser atendidas nesse momento de agravamento da pandemia e da fome em todo país. Individualmente, não podemos fazer muito, mas, com a ajuda de todos, estamos tendo um retorno muito bom”, salientou. Martins disse que, hoje, há mais de 250 famílias em situação de extrema pobreza no município, precisando de ajuda para fazer, pelo menos, 1 refeição principal ao dia. “Também estamos fazendo um levantamento na zona rural”, adiantou. Para ajudar, os interessados podem entregar as suas doações nas lojas filiadas da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) ou em outros pontos de arrecadação distribuídos na cidade.

27 Abr 2021 - 08:30h

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu nesta segunda-feira (26) que há “dificuldade” no fornecimento de vacinas para aplicação da segunda dose da CoronaVac, utilizada contra a Covid. Queiroga deu a declaração ao participar de uma sessão da comissão do Senado que discute medidas de combate à doença. Nas últimas semanas, municípios de Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, São Paulo, Amapá e Paraíba limitaram ou suspenderam a imunização por falta de doses para a segunda aplicação. Na Paraíba, a Justiça chegou a determinar a aplicação da segunda dose após ação do Ministério Público. “O que tem nos causado certa preocupação a CoronaVac, a segunda dose. Tem sido um pedido de governadores, de prefeitos, porque, se os senhores lembram, cerca de um mês atrás se liberou as segundas doses para que se aplicassem. E agora, em face de retardo de insumo vindo da China para o Butantan, há uma dificuldade com essa 2ª dose”, declarou Queiroga no Senado. Há cerca de um mês, em 21 de março, o Ministério da Saúde mudou a orientação e autorizou que todas as vacinas armazenadas pelos estados e municípios para garantir a segunda dose fossem utilizadas imediatamente como primeira dose. Ao participar da sessão da comissão do Senado nesta segunda, Queiroga disse que o governo emitirá uma “nota técnica acerca desse tema”. Até a última atualização desta reportagem, a nota técnica mencionada pelo ministro não havia sido divulgada.

27 Abr 2021 - 08:00h

A secretaria de saúde de Tanhaçu, a 74 km de Brumado, confirmou na noite da última segunda-feira (26), um caso positivo da SARS-CoV-2 P.1, da linhagem B.1.1.28 (“variante de Manaus”) do coronavírus em circulação na cidade. Segundo informou a pasta ao site Achei Sudoeste, a variante de coronavírus identificada é capaz de acarretar maior transmissibilidade e maior gravidade no quadro clínico. O exame foi divulgado pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA). De acordo com o último boletim epidemiológico, Tanhaçu tem 3548 casos suspeitos de Covid-19, 2452 já foram descartados e 1040 confirmados. Ainda segundo o boletim, 995 estão recuperados e o município já confirmou 13 mortes em decorrência da doença. No momento, 32 casos ativos, 27 estão em isolamento domiciliar e 5 internados. A secretaria de saúde, pede que todos se protejam utilizando máscara, evitando aglomerações e fazendo a higienização das mãos com frequência.

27 Abr 2021 - 07:00h

Na noite do último sábado (24), uma mulher teria sido agredida pela companheira com golpes de facão durante uma discussão na residência do casal, no Bairro Bom Jesus, em Brumado. A vítima, identificada como Euza Maria Ribeiro, disse que o desentendimento foi causado por ciúmes. Durante os quatro anos de relacionamento, ela contou que a convivência era difícil, mas nunca haviam acontecido agressões físicas. “Sempre fui uma mulher trabalhadeira, nunca cheguei a esta situação, todo mundo me conhece”, relatou. Maria acionou a Polícia Militar e foi socorrida ao Hospital Municipal. No domingo (25), ela registrou um Boletim de Ocorrência. O delegado da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), Fábio Lago, esclareceu que, mesmo se tratando de uma relação homoafetiva, a agressora pode responder pela Lei Maria da Penha.

27 Abr 2021 - 06:59h

Sabe-se atualmente que o ser humano, especialmente em seu primor infantil, é extremamente criativo e está sempre em busca de solucionar problemas.  Dentro deste contexto assume-se que na educação, de maneira especial na educação primária, jogos e atividades lúdicas que exploram a criatividade e capacidade de resolver problemas sejam poderosas armas no desenvolvimento crítico e cognitivo.

Como pautar pontos, nos ensinos primário e fundamental por exemplo, como trabalhos escolares, regras da ABNT, prazos, provas e burocracias de forma lúdica? A resposta é: através de brincadeiras e atividades lúdicas. E qual a importância dessas atividades no ensino?

 

Histórico de jogos e brincadeiras no ensino

Como dito acima, o ser humano possui  por natureza uma necessidade de resolver e solucionar problemas em diversas situações. Logo, brincadeiras, jogos e a humanidade caminham juntos há séculos já. Um grande exemplo disso são jogos ancestrais como o

Go. Conhecido também como Weiqi ou Baduq, o jogo surgiu há mais de 2.5 mil anos na China antiga e é um jogo de tabuleiro similar ao Xadrez.

Essas ''armas'' lúdicas estavam presentes na cultura humana há milênios. E com o passar do tempo, jogos e  brincadeiras passaram a ter um caráter educativo no que  diz respeito à educação infantil, especialmente. Alguns artigos, inclusive, mostram que no século XVI, na Grécia e em Roma, já existiam jogos e brincadeiras  com intuito educativo e de alfabetizar crianças e jovens. Conseguimos ver aqui como, ao longo do tempo, esses dois instrumentos para exercício da criatividade passaram a ter uma forte relação com a educação e com o aprendizado.

Métodos lúdicos de aprendizado e brincadeiras

A etimologia da palavra Lúdico remete a palavra ludus, que no Grego Clássico possuía relação com jogos. Inclusive, diversos pesquisadores e autores, atualmente, defendem que brincadeiras e atividades lúdicas são essenciais na educação infantil, pois possibilitam que o aprendizado seja realizado de maneira divertida, descontraída e prazerosa.

Segundo a educadora Adriana Friedmann, atividades lúdicas são praticamente um organismo vivo, sendo definidas por suas constantes mudanças e não por serem conceitos estáticos. Essas atividades variam de um grupo cultural e social para o outro e de um contexto específico para outro.

Vários pesquisadores nos dias de hoje reconhecem e inclusive defendem o uso e proveito de atividades e brincadeiras lúdicas no ensino infantil. De acordo com Santa Marli Pires dos Santos, em 2002, conceitos e atividades lúdicas podem facilitar o aprendizado de forma significativa, evidenciando os desenvolvimentos social, cultural e interpessoal.

Contextualizada a devida importância de brincadeiras e jogos no aprendizado e desenvolvimento pessoal, podemos elucidar alguns exemplos de atividades lúdicas utilizadas no aprendizado infantil:

  1. Jogos de criação e construção

  2. Livros

  3. Jogos de tabuleiro

  4. Jogos de expressão corporal (dança, música)

  5. Quebra-cabeças

  6. Jogos científicos

Segundo o Externato Champagnat, essas atividades podem ser motivadores

desenvolver competências cognitivas e interpessoais, além de serem ótimas ferramentas para atuar com alunos que apresentam déficit de aprendizado.

Espaços não-formais e informais de ensino e educação

Atualmente inúmeros pesquisadores reconhecem o caráter multi-semântico que a palavra Educação possui. Ou seja, o conceito de educação não é apenas uma coisa estática, podendo, na verdade, apresentar inúmeros sentidos, maneiras, formas e contextos diferentes.

Portanto, além das tradicionais escolas, internatos e externatos, existem também os chamados Espaços não-formais e informais de ensino e educação. Mas o que são esses espaços? Como atuam? E qual a importância definitiva deles no fomento educacional pessoal?

A priori é necessário definir o que se entende por educação informal e não-formal.

Segundo a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) a educação não formal

pode ser definida por um conjunto de atividades e processos que ocorrem em um espaço 

próprio e que visam o desenvolvimento e instrução de indivíduos, porém, sem a obtenção  de um certificado do sistema educativo formal. 

De forma simplificada, educação informal e educação não-formal podem ser entendidas como aquelas que ocorrem fora de um espaço escolar. Portanto, também pode-se entender como o processo de aprendizado diário das pessoas em diferentes locais, ocasiões com diferentes atividades.

Dentre os espaços de educação informal e não-formal, podemos citar Museus, Zoológicos,  Parques, Estações Ecológicas e Ambientais e Jardins Botânicos. Cada um destes espaços possui relevância não só em seu cunho técnico, como também em seu cunho educativo para com a sociedade em geral.

CONTINUE LENDO

27 Abr 2021 - 00:00h

Na última semana, o Sargento Joel dos Santos Marcelino, da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), salvou a vida de um bebê recém-nascido, que havia engasgado com leite materno (veja aqui). A mãe da criança chegou à sede da companhia pedindo socorro com o bebê no colo. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o Sargento disse que estava de plantão no momento do ocorrido. “O casal estava muito aflito. De pronto, ela me entregou o bebê e eu iniciei a manobra para desobstruir as vias aéreas. Isso levou alguns minutos, mas, graças a Deus, conseguimos. Foi um alívio”, relatou. Após desobstruir as vias aéreas do recém-nascido, o mesmo foi encaminhado ao Hospital Municipal Professor Magalhães Neto para uma avaliação médica. O Sargento frisou que o seu treinamento militar proporcionou a aptidão necessária para o atendimento a uma ocorrência dessa natureza. “Temos treinamento de primeiros socorros. Tem que ter muita calma”, pontuou.