Brumado: “UTI pode virar elefante branco”, diz Secretário de Saúde

30 Jan 2014 - 20:10h

A senadora Lídice da Mata (PSB) gostou de ter visto as obras que estão sendo realizadas no Hospital Professor Magalhães Neto, em Brumado. No entanto, ela ouviu do Secretário Municipal de Saúde, Cláudio Feres, um apelo para que possa intervir junto aos governos federal e estadual na alocação de recursos para a manutenção da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A senadora disse que irá negociar com o prefeito para que as obras na lavanderia da unidade hospitalar sejam aceleradas. Enquanto isso, ela tentará alavancar apoio dos governantes para manutenção da UTI. “A instalação da UTI é uma prioridade para o município, por isso, me colocarei à disposição do prefeito para ver de que maneira poderemos ajudar a viabilizar essa necessidade a fim de que Brumado possa cumprir seu papel de liderança regional. Essa cidade precisa ser dotada de serviços de saúde e educação de qualidade para atender a necessidade de toda a região”, afirmou a senadora.

Em entrevista ao site Brumado Notícias, o secretário reforçou que o município não conseguirá manter sozinho a UTI e que será necessário unir forças com o estado e com a União. “A UTI não é um sonho nosso, mas uma necessidade que atenderia a uma demanda do estado. Porém, já é notório que não conseguiremos manter a UTI funcionando apenas com recursos próprios e nem apenas com recurso da União. Precisaríamos da ajuda das três esferas de governo. O programa Mais Médicos tem ajudado as prefeituras no que diz respeito à atenção básica, o que começa a gerar uma zona de conforto. No entanto, para achar profissionais especializados nas áreas mais críticas de atendimento em uma UTI, ainda estamos muito longe dessa realidade”, esclareceu Feres. Ele destacou que, sem a ajuda das outras esferas de governo, a UTI poderá virar um ‘elefante branco’. “O município não tem como manter essa UTI sem a ajuda do estado, com isso corre o risco sim dessa UTI virar um elefante branco para nós”, concluiu o secretário.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias