Moção repudia prefeito de Guanambi por demissão de 300 funcionários da educação

02 Jul 2020 - 12:00h

A Câmara de Vereadores de Guanambi, a 141 km de Brumado, aprovou uma moção de repúdio contra o prefeito Jairo Magalhães (PSB) em razão da suspensão do contrato de trabalho de mais de 300 funcionários da Secretaria de Educação. Apenas os trabalhadores de vigilância patrimonial permanecerão com contratos vigentes. A medida visa o controle dos gastos de custeio e de pessoal para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da Covid-19. A expectativa é pela reativação dos contratos com a volta às aulas. A moção, de autoria do vereador Edileno Oliveira, foi aprovada na última sessão legislativa. Para o vereador Edileno, o prefeito segue na contramão dos demais gestores, agindo com tamanha insensibilidade.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias