Aucib apura uso de veículo oficial da Câmara de Brumado por empresa privada

29 Jul 2021 - 08:00h

A Auditoria Pública Cidadã Baiana (Aucib) protocolou ofícios na Câmara de Vereadores de Brumado para investigar o uso de veículo oficial por empresa privada. O fato foi denunciado pelo site Achei Sudoeste, que apresentou a irregularidade cometida pelo vereador Wanderley Amorim da Silva (DEM), o Nem. Nos ofícios enviados para a presidente do poder legislativo, vereadora Verimar Meira (PT), a Aucib pede documentos que registram as solicitações dos veículos oficiais e pedidos de diárias nos dias 15 e 22 deste mês de julho, datas em que os veículos estiveram nas prefeituras de Dom Basílio e Caetité, onde possivelmente houve licitações com a participação de empresa privada. A entidade também solicitou as imagens de segurança das áreas externas e da garagem do prédio legislativo para identificação das pessoas que utilizaram os carros oficiais. “A diretoria da entidade espera a devida colaboração da presidente da casa legislativa, pois a sua omissão ou recusa em colaborar pode ser entendida como crime de prevaricação”, disse a Aucib em nota. Consultado por nossa reportagem, o advogado Manoel Guimarães Nunes, especialista em direito eleitoral, salientou que a situação pode ensejar, de forma concomitante, três tipos de responsabilização ao agente político: uma infração político administrativa no próprio parlamento, um processo judicial por ato de improbidade administrativa e um processo criminal, a depender das nuances do caso concreto (veja aqui). 

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias