Secretário da Segurança Pública da Bahia defende descriminalização da maconha

18 Mai 2022 - 16:30h

O secretário da Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, defendeu a descriminalização do uso de drogas como a maconha. O discurso, que viralizou nesta terça-feira (17), após ficar disponível no canal da Superintendência de Prevenção à Violência (SPREV), foi feito em um congresso, no final do mês de abril. “A maioria das pessoas que eu conheço, que usa maconha, são pessoas que trabalham todo dia. Tenho amigos que dizem: 'Eu fumo cigarro todo dia para dar uma relaxada'”, disse o secretário. Mandarino afirmou ainda que a maconha “torna você um emancipado mental, que é o que a gente precisa ser”. Concluiu com uma crítica: “A gente não pode ficar nessas caixinhas”. O G1 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) que informou que não vai se posicionar sobre o caso. O gestor da Segurança Pública na Bahia também falou sobre as pessoas que conseguem manter um controle no uso social da maconha. Também usou artistas como exemplo para comentar sobre um possível aumento da criatividade após o uso da droga. “Os bêbados não andam caindo pela rua. As pessoas que perdem o controle do uso social, o uso moderado da droga, são poucas, não é todo mundo que faz isso”, discursou Mandarino. “Então ela libera as pessoas, aumenta a criatividade. No meio artístico isso é evidente. A gente conhece a história de grandes compositores que quando estão com uma 'bebidazinha' qualquer relaxam e fazem composições belíssimas”, falou o secretário. No final, o secretário questionou que a criatividade aflorada pelo uso da maconha pode também ser pensada em outras áreas. “Por que não admitir que isso possa acontecer no meio científico e em outras atividades criativas?”.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias