Paulo Afonso: PRF prende casal suspeito de tráfico de drogas com 70 kg de drogas em carro roubado

23 Mai 2022 - 17:30h

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na madrugada desta segunda-feira (23), um casal por tráfico de drogas e receptação de veículo. A prisão ocorreu no Km 4 da BR-110, em Paulo Afonso, no norte da Bahia. De acordo com a PRF, a dupla transportava quase 48 Kg de cocaína entre pasta base e cloridrato da droga, além de quase 20 Kg de maconha em um carro clonado. A ação contou com o apoio da Polícia Militar da Bahia. O casal estava em um Jeep Renegade com placas de Queluz, no interior de São Paulo. Durante abordagem, a PRF diz ter suspeito de que o homem e a mulher estavam sob efeito de algum tipo de substância psicoativa. Duas latas de cerveja foram achadas no veículo. Após uma busca detalhada no carro, os agentes encontraram dezenas de tabletes de maconha e de pasta base de cocaína, além de 938 papelotes de cocaína, prontos para comercialização. Ao todo foram apreendidos 47,850 Kg (quarenta e sete quilos e oitocentas e cinquenta gramas) de cocaína e mais 19,973 Kg (dezenove quilos e novecentos e setenta e três gramas) de maconha. Além disso, durante uma vistoria de identificação veicular, os policiais descobriram que o Jeep era um veículo clonado de outro de mesma marca e modelo. O carro original havia sido roubado em janeiro deste ano. O homem de 19 anos, natural de Monte Santo, relatou que ganharia R$ 5 mil para fazer o transporte das drogas de São Paulo até Recife, em Pernambuco. Já a passageira, uma mulher de 18 anos admitiu ter conhecimento que dentro do carro havia droga. Os dois foram presos e encaminhados junto com o carro recuperado e a droga apreendida para a Delegacia de Polícia Civil.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias