Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

09 Jan 2019 - 08:30h

A agressão física foi o principal fator responsável pela morte de mulheres por causas ligadas à violência. Estudo do Ministério da Saúde com base em registros de óbitos e atendimentos de saúde na rede pública mostra que de um total de 6.393 mortes registradas entre 2011 e 2016, em 4.930 (77%) houve agressão. Em 1.417 desses casos foi empregada força corporal do agressor ou espancamento. De acordo com a Veja, em 28,5% do total de casos registrados, as mulheres já tinham sofrido atos de violência no mínimo uma vez antes da morte. A residência da vítima foi o principal local de ocorrência e há registro do uso de álcool pelo agressor em 33% dos casos. Nas mulheres adultas (30 a 59 anos), o espancamento (19,4% dos casos) e agressões com objetos perfurocortantes (15,1%) foram os principais meios de violência. O uso de arma de fogo foi o principal meio de agressão em 25,8% das agressões contra adolescentes (10 a 19 anos) e 21,1% contra jovens (20 a 29 anos).

08 Jan 2019 - 08:30h

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta segunda-feira (7) apontou que a maioria dos brasileiros é a favor do ensino de educação sexual e da discussão de política nas escolas. O Datafolha ouviu 2.077 pessoas em 130 municípios entre os dias 18 e 19 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O instituto perguntou se “educação sexual” e “assuntos políticos” devem ser tema de sala de aula. Veja a porcentagem que concorda e discorda no país. Disseram que concordam com o ensino de educação sexual nas escolas 54% dos entrevistados, enquanto 44% discordam - 1% não soube responder. No caso da discussão de assuntos políticos, 71% dos brasileiros concordam, 28% discordam e 1% não sabe.

07 Jan 2019 - 16:30h

Quem habilitar um celular pirata a partir desta segunda-feira (7) receberá mensagem de texto da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) alertando que o aparelho será bloqueado. A medida, que já estava em vigor em 11 estados e no Distrito Federal, agora também passa a valer nas outras 15 unidades da federação em que ainda não tinham esse recurso. Segundo a Anatel, a mensagem aos consumidores desses 15 estados será enviada para celulares habilitados a partir desta segunda-feira, e o bloqueio será feito a partir do dia 24 de março, 75 dias após o envio das mensagens. A medida valerá para os seguintes estados: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Sergipe e São Paulo. Nesses estados, a partir desta segunda-feira, quem ativar um celular irregular receberá, em até 24 horas, a mensagem de advertência: "Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias”. Alerta similar é encaminhada 50 dias e 25 dias antes do bloqueio. Os celulares considerados piratas são aqueles não certificados pela Anatel ou então que tenham o chamado IMEI (International Mobile Equipment Indentity) – que é o número de identificação do aparelho – adulterado, clonado ou que tenha passado por outras formas de fraude. IMEI é a identidade do aparelho. Basta discar *#06# que aparece um número com 15 algarismos. Esse mesmo número tem que estar registrado no adesivo colado no aparelho. Do contrário, o telefone é ilegal, pode ser clonado, adulterado ou roubado.

07 Jan 2019 - 13:30h

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) diz ter descoberto um esquema montado pela mulher de um empresário da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, para roubar toda a fortuna do milionário, usando um terreiro de umbanda para lavar dinheiro. Segundo os investigadores, Wilde Pinheiro de Lima, de 88 anos, que atuou no ramo de refrigerantes, vinha sendo sedado e induzido a transferir todo o patrimônio, avaliado em R$ 27 milhões, para Wandrea Sobreiro, de 49 anos, com quem era casado, como mostrou o Fantástico neste domingo (6). Apesar das suspeitas, a mulher ainda vive na cobertura do ex-marido, na Praia da Barra, avaliada por corretores em R$ 3,5 milhões. Foi de lá que Wilde foi resgatado pela polícia, após cerca de cinco anos sendo impedido de ter contato com a família. Ele foi encontrado com sinais de maus-tratos e desnutrido. As transferências bancárias induzidas pela mulher, segundo o PM, eram feitas em formato de doações religiosas a um terreiro de umbanda.

07 Jan 2019 - 12:30h

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse estar preocupado com os rumos da oposição durante a gestão de Jair Bolsonaro. Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo o petista falou sobre o assunto na conversa que teve com a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e com a ex-presidente Dilma Rousseff, quinta-feira (3), na carceragem da PF. Ele fez a avaliação de que, diferentemente de todos os outros desde a redemocratização, Bolsonaro não foi eleito para governar, mas sim para destruir adversários políticos, em especial o PT e seu legado. Lula também disse acreditar que Bolsonaro vai endurecer o discurso de combate à corrupção na política e de criminalização da esquerda para “preencher o vazio” de sua gestão, caso não consiga avançar na pauta econômica nos primeiros meses.

07 Jan 2019 - 12:00h

Através do seu Twitter, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticou o fato de o auxílio-reclusão ser superior ao salário mínimo. Enquanto o primeiro é superior a R$ 1,3 mil, o segundo foi reajustado de R$ 954 para R$ 998 em seu primeiro decreto após tomar posse. "O auxílio-reclusão ultrapassa o valor do salário mínimo. Em reunião com ministros, decidimos que avançaremos nesta questão ignorada, quando se trata de reforma da Previdência e indevidos. Em cima de muitos detalhes, vamos desinchando a máquina e fazendo justiça", escreveu o presidente na rede social. O benefício em questão é concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a dependentes de segurados que estão presos.

07 Jan 2019 - 10:30h

A Polícia Militar de Rio Verde, na região sudoeste de Goiás, prendeu um homem suspeito de furto encontrado dormindo em cima de um telhado. Segundo a corporação, testemunhas o identificaram como a pessoa que quebrou a janela de uma churrascaria, entrou e levou cigarros do local. O preso foi identificado pela PM como Marcos Paulo Lopes, de 21 anos. O G1 não teve acesso a informações sobre a defesa do preso para pedir um posicionamento sobre o caso. Imagens feitas pela Polícia Militar mostram o investigado dormindo no telhado. Em seguida, os policiais o acordaram, algemaram e desceram com ele do local. A prisão ocorreu neste sábado (5). O homem foi levado para a delegacia da cidade e autuado em flagrante pelo crime de furto.

06 Jan 2019 - 06:25h

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste sábado (5) apontou que a maioria dos brasileiros é contra a redução de leis trabalhistas e a privatização “do maior número possível” de estatais. O Datafolha perguntou aos entrevistados: "O governo deve privatizar, ou seja, vender para empresas privadas, o maior número possível de estatais?" 60% disseram que discordam totalmente ou em parte. Na pergunta sobre se “é preciso ter menos leis trabalhistas”, 57% responderam que discordam totalmente ou em parte. A pesquisa foi realizada em 18 e 19 de dezembro e ouviu 2.077 pessoas em 130 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos. Disseram que concordam totalmente ou em parte com as privatizações 34% dos entrevistados. 40% se disseram favoráveis, totalmente ou em parte, à redução de leis trabalhistas. Outra pergunta da pesquisa foi: “Mulheres ganharem menos do que os homens é um problema das empresas e não do governo?” 37% disseram concordar totalmente ou em parte. 51% discordaram. O restante, não sabe ou não quis responder.

06 Jan 2019 - 06:20h

A Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) concluiu que Matheus Passarelli Simões Vieira, a Matheusa, foi assassinada por traficantes do Morro do Dezoito, em Água Santa, na Zona Norte do Rio, ao tentar tirar a arma de um criminoso quando foi levada para o ‘‘tribunal do tráfico’’ na favela. A estudante foi capturada pelos criminosos após entrar na comunidade nua e desorientada em 29 de abril de 2018. A investigação foi finalizada e enviada à Justiça no fim do ano passado. Até hoje, o corpo não foi encontrado. Dois traficantes acusados do crime foram identificados e tiveram a prisão decretada pela juíza Viviane Ramos de Faria, da 1ª Vara Criminal. Genilson Madson Dias Pereira, o GG, e Messias Gomes Teixeira, o Feio, chefe do tráfico no Dezoito, respondem por homicídio doloso e ocultação de cadáver. De acordo com a delegada Elen Souto, responsável pela investigação, Matheusa foi morta com um tiro de fuzil e, em seguida, teve o corpo esquartejado e incinerado. “Matheusa foi capturada pelos traficantes e levada até uma área no alto do morro. Estava desorientada e tentou convencer um traficante a largar a arma. Quando encostou na arma, levou um tiro de fuzil. Conseguimos identificar dois traficantes que estavam no local e ordenaram que o corpo fosse incinerado. As investigações continuam para identificar o responsável pelo tiro”, explica a delegada. Matheusa se identificava como não-binária — termo usado por pessoas cuja identidade de gênero não é nem masculina nem feminina — e cursava Artes Visuais na Uerj. De acordo com o relatório final do inquérito, na madrugada em que desapareceu, Matheusa havia ido a uma festa na Rua Cruz e Souza, no Encantado, para fazer uma tatuagem na aniversariante. Na época, segundo depoimentos de amigos à polícia, a estudante passava por dificuldades financeiras e precisava do dinheiro que ganharia pela tatuagem. Durante a festa, no entanto, a amiga desistiu de ser tatuada, o que decepcionou Matheusa, que passou a “demonstrar intenso descontrole emocional”, segundo o relatório. “Matheusa começou a falar coisas desconexas, falas confusas”, contou uma amiga em depoimento. Logo depois, quando foi levada pela aniversariante à porta da casa para ir embora, a abraçou e saiu correndo em direção à rua, deixando sua bolsa e seu celular.

04 Jan 2019 - 10:30h

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou, em entrevista ao SBT exibida nesta quinta-feira (03), que irá propor uma reforma da Previdência que estabeleça, até 2022, uma idade mínima de 62 anos para homens e 57 anos para mulheres. Bolsonaro disse que o cerne do problema da Previdência está no serviço público, mas não deixou claro se a nova regra valeria apenas para servidores. Atualmente, a idade mínima no serviço público é de 60 anos para homens e 55 para mulheres. De acordo com Bolsonaro, a ideia é aumentar a idade mínima em um ano depois da aprovação e outro em 2022. “Dar um corte até o final de 2022, esse que é uma ideia inicial. Seria aumentar para 62 os homens e 57 as mulheres. Não de uma vez só, um ano a partir da promulgação e outro ano a partir de 2022”. Segundo o presidente, a “boa reforma é a que passa”, em referência à aprovação do projeto no Congresso. A proposta apresentada pelo ex-presidente Michel Temer (MDB) era que, até 2042, a idade mínima chegasse em 65 anos para homens e 62 anos para as mulheres.

03 Jan 2019 - 11:30h

Presidente nacional do PSL, o deputado federal eleito Luciano Bivar (PSL-PE) se reuniu na manhã dessa quarta-feira 2, em Brasília com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e fechou o apoio da bancada à reeleição dele para o comando da Casa. De acordo com a Veja, em troca, Maia se comprometeu a entregar ao PSL o comando de duas comissões importantes, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e Finanças, além da 2ª vice-presidência da Câmara. “Maia se comprometeu a apoiar as pautas do governo Bolsonaro. O PSL vai ganhar o espaço que merece devido ao tamanho de sua bancada”, disse Bívar. O novo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, afirmou, no entanto, que o presidente Bolsonaro não deve se envolver na disputa – outros aliados, como os deputados Capitão Augusto (PR-SP) e João Campos (PRB-GO), já se colocaram como postulantes. Ainda segundo o presidente do PSL, que tem 52 deputados, os nomes do partido que ocuparão as comissões ainda não foram definidos. A legenda resistia em apoiar Maia e corria o risco de ficar fora dos principais espaços de poder da Câmara.

03 Jan 2019 - 07:30h

O médium João de Deus teve que ser encaminhado para uma unidade hospitalar após expelir sangue na urinano Núcleo de Custódia, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, onde está preso desde o dia 16 de dezembro, depois de ser denunciado por abuso sexual. De acordo com o G1, João de Deus apresentou o sangramento durante uma consulta de rotina nas celas e a equipe médica decidiu encaminhá-lo para o hospital para que exames fossem feitos. O nome do hospital para onde o médium foi levado não foi revelado.

02 Jan 2019 - 12:30h

A imprensa mundial voltou os olhos para a cerimônia de posse de Jair Bolsonaro nesta terça-feira 1. Embora apenas dez chefes de Estado tenham comparecido ao evento, alguns dos maiores veículos internacionais destacaram a transição. Com constância, os veículos estrangeiros compararam o novo presidente brasileiro a Donald Trump e apontaram uma mudança radical nos rumos da política, utilizando o termo “extrema direita”. Declarações  de Bolsonaro, como “vamos libertar o Brasil do socialismo” e o lema “Deus acima de tudo, Brasil acima de todos”, tiveram grande repercussão.

02 Jan 2019 - 10:30h

O presidente Jair Bolsonaro prometeu nesta terça-feira (1º), ao discursar no parlatório do Palácio do Planalto após receber a faixa presidencial do agora ex-presidente Michel Temer, “tirar o peso do governo sobre quem trabalha e produz” e “restabelecer a ordem” no país. Depois de garantir que o governo dele implementará as reformas necessárias para o Brasil avançar, Bolsonaro afirmou que agora tem o desafio de “enfrentar os efeitos da crise econômica”, o “desemprego recorde”, a “ideologização” das crianças, o “desvirtuamento dos direitos humanos” e a “desconstrução da família”. “Vamos propor e implementar as reformas necessárias. Vamos ampliar infraestrutura, desburocratizar, simplificar, tirar a desconfiança e o peso do governo sobre quem trabalha e quem produz”, discursou o novo presidente aos apoiadores que lotavam a Praça dos Três Poderes para acompanhar o pronunciamento.

01 Jan 2019 - 10:10h

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça (1º) pelo jornal Folha de S. Paulo mostra os seguintes percentuais de expectativa em relação ao futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL). Ótima/boa: 65%; Regular: 17%; Ruim/péssima: 12%; Não sabe: 6%. O Datafolha fez 2.077 entrevistas entre 18 e 19 de dezembro em 130 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

01 Jan 2019 - 09:50h

Os números da Mega da Virada foram sorteados na noite desta segunda (31), em São Paulo. O valor do prêmio foi de R$ 302,5 milhões. As dezenas sorteadas foram: 05 - 10 - 12 - 18 - 25 - 33. Segundo a Caixa, 52 apostas dividirão o prêmio. Assim, cada aposta ganhadora levará R$ 5.818.007,36. Na segunda faixa de premiação (acerto de cinco números), 7.688 apostadores vão levar R$ 6.644,73 cada um. Outros 303.857 apostadores que acertaram quatro números vão receber R$ 240,17 cada um. Ainda segundo estimativa da Caixa, o prêmio do concurso pode render mais de R$ 1 milhão por mês, caso seja aplicado inteiramente na poupança. O valor é suficiente para comprar um carro popular por dia. Neste ano, a Mega da Virada chega ao 10° sorteio. O primeiro deles ocorreu no dia 31 de dezembro de 2009, teve valor superior a R$ 144 milhões e duas apostas vencedoras. Desde a criação do concurso, a Caixa já pagou R$ 2,8 bilhões em todas as faixas de premiação: somando sena, quina e quadra.

28 Dez 2018 - 16:30h

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (27) mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Michel Temer (MDB): Ótimo/bom: 7%; Regular: 29%; Ruim/péssimo: 62%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada em agosto, 73% dos entrevistados consideravam o governo Temer “ruim/péssimo”; 21%, “regular”; e 4% o avaliavam como “bom/ótimo”. No entanto, em junho – mês seguinte à greve dos caminhoneiros – o governo Temer registrou o maior índice de rejeição da série histórica do instituto de pesquisa. Na ocasião, 82% dos brasileiros classificaram o governo do emedebista como ruim ou péssimo e apenas 3% diziam que era ótimo ou bom. O Datafolha ouviu 2.077 pessoas em 130 municípios entre os dias 18 e 19 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

28 Dez 2018 - 15:00h

O último dia útil do ano para atendimento ao público nas agências bancárias, com expediente normal para realização de todas as operações, será nesta sexta-feira (28). De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), na próxima segunda-feira (31), as instituições financeiras não abrem para atendimento. Os carnês e contas de consumo vencidos no feriado poderão ser pagos sem acréscimo no dia útil seguinte.

28 Dez 2018 - 08:30h

O presidente eleito Jair Bolsonaro vai promover uma revisão geral nos atos praticados pelo governo de Michel Temer nos últimos dois meses do mandato. O objetivo é verificar se as medidas tomadas pelo atual presidente estão de acordo com compromissos do governo Bolsonaro. A ação consta como uma das prioridades em um documento divulgado nesta quinta-feira, 27, pelo gabinete de transição e assinado pelo futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. “Nos primeiros dez dias, cada ministério deverá elencar as políticas prioritárias dentro de sua área de atuação – incluindo a revisão de atos normativos legais ou infralegais publicados nos últimos 60 dias do mandato anterior, para avaliação de aderência aos compromissos da nova gestão”, diz trecho do plano intitulado “Agenda de Governo e Governança Pública”, distribuído aos futuros ministros em reunião. De acordo com a Veja, a agenda estabelece uma série de reuniões com ministros e o presidente eleito nos primeiros 100 dias do governo Bolsonaro. Haverá uma reunião semanal do “Conselho de Governo” todas as terças-feiras, às 10h, no Palácio do Planalto. O evento de apresentação do balanço dos atos nos 100 dias de governo foi agendado para 10 de abril de 2019.

27 Dez 2018 - 10:30h

Durante o feriado prolongado de Natal, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 89 mortes e 1.485 pessoas feridas em acidentes nas rodovias federais do país. Os dados, divulgados nesta quarta-feira, 26, são relativos aos quatro dias entre 21 e 25 de dezembro. Ao todo, foram contabilizados 1.166 acidentes, sendo 303 deles considerados graves. Em 2017, o período natalino teve um dia a menos na contagem oficial (entre 22 e 25 de dezembro) e, mesmo assim, foram registrados mais acidentes (1.352), com 79 mortes. Desde 2011, a PRF realiza a Operação Rodovida, com ações especiais em épocas com maior fluxo rodoviário (como comemorações de fim de ano, férias escolares de janeiro e Carnaval). O órgão se diz em um esforço integrado com outras entidades (a Casa Civil, Ministérios da Segurança Pública, Saúde, Cidades, Transportes e autoridades estaduais e municipais) para “a redução do número de acidentes e de sua letalidade”. Trabalhando com contingente reforçado nos quatro dias do feriado de Natal, a Polícia Rodoviária Federal abordou 155.600 pessoas durante o período, focando a fiscalização em infrações como ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade e direção após o consumo de álcool.

27 Dez 2018 - 07:30h

O ex-governador do Espírito Santo, Gerson Camata, de 77 anos, foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (26) em Vitória. De acordo com informações do G1, ainda não há informações sobre a motivação do crime. O autor dos disparos fugiu, mas foi preso em seguida. Uma ambulância do Samu chegou a ser acionada, mas Camata não resistiu e morreu no local. O crime aconteceu na Praia do Canto. Depois de ser detido, o autor do crime foi encaminhado para prestar depoimento ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Camata foi governador do Espírito Santo entre 1982 e 1986 e também ocupou o cargo de senador entre 1987 até 2011. Ele também já foi vereador de Vitória, deputado estadual e deputado federal.

26 Dez 2018 - 15:30h

A Polícia Civil do Distrito Federal fechou, em Santa Catarina, um laboratório que produzia drogas sintéticas em larga escala. Segundo investigações da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), os entorpecentes eram enviados para todos os estados do país, além de abastecerem o Distrito Federal. A produção era feita em um sítio na área rural de Joinville (SC). No local, os agentes encontraram máquinas que tinham a capacidade de fabricar 4 mil comprimidos de ecstasy por hora. De acordo com o G1, além dos equipamentos, foram apreendidos 1 mil comprimidos prontos para serem entregues, material suficiente para produzir outras 50 mil unidades de ecstasy, R$ 5 mil em dinheiro e dois carros de alto padrão, avaliados em quase R$ 200 mil. A operação, batizada de Merry Christmas, ainda foi responsável pela prisão de um homem de 29 anos. A identidade do suposto traficante não foi revelada pelos policiais para não atrapalhar as investigações. Segundo os investigadores, a droga saía do laboratório e era encaminhada aos traficantes da região, responsáveis pela distribuição nos estados. A venda dos comprimidos era feita por meio de aplicativos e em grupos criados nas redes sociais. Os interessados, então, faziam um depósito bancário e a substância era enviada pelos Correios. Em seguida, a droga era revendida em festas.

26 Dez 2018 - 11:30h

O valor do prêmio acumulou para a Mega da Virada, que deve pagar 280 milhões de reais, de acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF). As apostas podem ser realizadas até as 16h do dia 31 deste mês. Na Mega da Virada, o prêmio não acumula. Assim, caso ninguém acerte os seis números sorteados, o montante fica para quem fez a Quina. Se ainda assim não houver vencedores, a bolada vai para a Quadra, e assim por diante. Para concorrer aos 280 milhões de reais, basta comparecer a uma das 13.000 casas lotéricas espalhadas pelo país e preencher o volante especial da Mega da Virada. Podem ser escolhidos de seis a quinze números. O valor da aposta simples é de 3,50 reais. Também é possível fazer o jogo pelo computador, tablet ou smartphone. Basta ter mais de 18 anos e preencher o cadastro na plataforma de Loterias Online da Caixa Econômica Federal.

21 Dez 2018 - 09:30h

Os itens que compõem a ceia de Natal ficaram 6,82% mais caros em 2018, quando comparados ao ano anterior, mostrou um levantamento do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE). O percentual ficou acima do inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor da FGV (IPC/FGV), entre janeiro e dezembro de 2018 (4,09%). Os produtos que mais subiram de preço foram também os mais influenciados pela forte alta do dólar este ano, apontou o economista André Braz, responsável pela pesquisa. A farinha de trigo subiu 19,65%, o bacalhau ficou 18,55% mais caro e o frango, 8,20%, afetado também pelo aumento do milho e pela quebra da safra na Argentina. A ave, normalmente uma alternativa às carnes típicas como o peru e o chester, deve pesar no orçamento das famílias, destaca a FGV. Já a carne de porco ficou mais barata em 2018. O pernil suíno caiu 8,42% e o lombo suíno, 6,15%, assim como os ovos, que recuaram 3,14%.

20 Dez 2018 - 15:00h

Em apenas 1 ano, o número de internautas no Brasil cresceu cerca de 10 milhões de pessoas, sendo que os idosos representam a faixa etária com maior crescimento de novos usuários da rede. É o que aponta um levantamento divulgado nesta quinta-feira (20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) feito no quarto trimestre de 2017. Ele faz parte das coletas da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD). Veja outros destaques do estudo: o número de domicílios com acesso à web subiu para 75% contra 69% em 2016; a principal finalidade de acesso é enviar mensagens por aplicativos diferentes de e-mail, ou seja, redes sociais; a área rural do país foi a que mais registrou expansão no número de domicílios conectados, que chegaram a 41%; nas áreas urbanas subiu para 80%; o celular continua sendo o principal dispositivo para usar a internet, responsável por 98% dos acessos; o número de domicílios que acessam a internet pela TV subiu de 11%, em 2016, para 16%; e o número de casas com computador e tablets continua caindo.