Curso de Medicina será um divisor de águas socioeconômico para Brumado, avalia presidente da UniFG

23 Dez 2019 - 00:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o presidente da UniFG, Felipe Duarte, disse que está muito realizado em trazer o progresso para a cidade de Brumado através da Faculdade de Medicina. Duarte explicou que um curso de medicina impacta, pelo menos, em 30% na condição econômica do município. “A gente vai conseguir movimentar não só a transformação de Brumado em uma cidade universitária, mas também mexer com todos os âmbitos de negócios”, declarou. O presidente da UniFG destacou ainda que a faculdade trará reflexos positivos em diversos setores, especialmente no imobiliário e no comércio. Sobre a possibilidade da instalação de novos cursos no polo de Brumado, Duarte afirmou que o centro universitário está credenciado para isso e, portanto, o oferecimento de novas graduações deve acontecer naturalmente. “Acredito que, a partir do segundo ano, poderemos estar habilitados para abrir um leque de cursos. Dentro da nossa perspectiva, queremos trazer o curso de Direito, de Odontologia, de Psicologia. O nosso objetivo é também implantar um centro universitário na cidade com a mesma qualidade que temos em Guanambi”, sinalizou. O vestibular de Medicina em Brumado deverá ser viabilizado até o meio do próximo ano.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

mais notícias