Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Saúde"

23 Mar 2020 - 07:30h

O Laboratório Exame é especializado em análises clínicas em Brumado e região. No município, a unidade terá como bioquímico o experiente e competente Leonardo Borborema Neto. O laboratório oferece um atendimento humanizado e personalizado, proporcionando maior satisfação aos clientes e colaboradores. O laboratório dispõe de equipamentos de alta tecnologia para realização de exames de qualidade, com resultados confiáveis e seguros para um diagnóstico preciso e rápido a serviço da vida da população de Brumado e região. A missão é realizar exames laboratoriais com excelência e qualidade, atender com humanização, sustentabilidade e responsabilidade social, com uma visão de ser reconhecido como um laboratório de referência e manter a credibilidade junto à sociedade. O valor será em total compromisso com a vida; confiabilidade; melhoria contínua; ética e humanização. O laboratório Exame fica localizado na Avenida Cassemiro Pinheiro de Azevedo, 655, centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9286 / (77) 3441-5039 / (77) 99991-5757 (WhatsApp).

20 Mar 2020 - 10:30h

A pandemia de coronavírus que vem atingindo o mundo nos últimos meses alertou a população para diversos procedimentos de limpeza e higienização, antes negligenciados. Um desses procedimentos é a sanitização dos ambientes públicos e particulares de forma frequente para a eliminação de agentes patogênicos como vírus, bactérias, fungos e germes, e que vem registrando um grande aumento na procura por esse serviço. De acordo com a supervisora técnica da LarClean, empresa especializada em saúde ambiental, Natalie Amorim, nos últimos dias as unidades de Salvador e Goiânia tiveram um acréscimo de 90% na busca pelo procedimento. Natalie ressalta que a empresa já oferecia esse serviço antes da pandemia, porém era mais utilizado pelas empresas, indústrias e hospitais. “O procedimento utiliza um nebulizador a frio com quaternário de amônio que proporciona a liberação de micropartículas, que formam uma fina névoa que adere ao local aplicado, formando uma película protetora deixando os ambientes protegidos contra a proliferação de microrganismos”, explica Natalie. Ela ressalta a importância do procedimento para eliminação de agentes nocivos à saúde de ambientes e superfícies com rotatividade de pessoas, porém enfatiza que o procedimento não substitui as formas de prevenção individual. PL 4763/2019 - A importância dessa higienização em ambientes coletivos já havia sido identificada pelo poder público, tanto que, desde 2019, tramita na Câmara de Deputados o Projeto de Lei no 4.763, de 2019 determinando a obrigatoriedade da limpeza e sanitização de ambientes fechados com acesso coletivo, públicos ou privados para evitar a transmissão de doenças infectocontagiosas.

20 Mar 2020 - 07:30h

As sete pessoas que morreram até agora por causa no novo coronavírus no Brasil tinham em comum outro aspecto além do fato de serem idosos. Todas tinham doenças prévias que contribuíram para agravar sua situação. A primeira vítima, um homem de 62 anos de São Paulo, sofria de diabetes e hipertensão, assim como uma mulher de 63 anos de Miguel Pereira, no Rio de Janeiro. Quatro homens com idades entre 62 e 85 anos que morreram em São Paulo também tinham, de acordo com o governo do Estado, outros problemas de saúde. Esses casos vão ao encontro do que vem sendo dito por autoridades de saúde desde o início da pandemia. Não é apenas a idade avançada que eleva as chances de alguém desenvolver uma forma grave de covid-19, como é chamada a doença causada pelo novo coronavírus, mas também ter doenças crônicas. Essas doenças enfraquecem o sistema imunológico, reduzindo a capacidade de defesa do nosso organismo, explica o médico Renato Grinbaum, consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia. “As doenças crônicas geram na maioria das vezes um desgaste do sistema imune, o que permite que o vírus se dissemine pelo sangue até chegar ao pulmão, gerando nele uma infecção”, afirma Grinbaum.

19 Mar 2020 - 08:30h

O Laboratório Exame é especializado em análises clínicas em Brumado e região. No município, a unidade terá como bioquímico o experiente e competente Leonardo Borborema Neto. O laboratório oferece um atendimento humanizado e personalizado, proporcionando maior satisfação aos clientes e colaboradores. O laboratório dispõe de equipamentos de alta tecnologia para realização de exames de qualidade, com resultados confiáveis e seguros para um diagnóstico preciso e rápido a serviço da vida da população de Brumado e região. A missão é realizar exames laboratoriais com excelência e qualidade, atender com humanização, sustentabilidade e responsabilidade social, com uma visão de ser reconhecido como um laboratório de referência e manter a credibilidade junto à sociedade. O valor será em total compromisso com a vida; confiabilidade; melhoria contínua; ética e humanização. O laboratório Exame fica localizado na Avenida Cassemiro Pinheiro de Azevedo, 655, centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9286 / (77) 3441-5039 / (77) 99991-5757 (WhatsApp).

19 Mar 2020 - 07:30h

Em Brumado, o Neo Odonto - Núcleo de Estética Oral possui convênio com vários planos de saúde a fim de oferecer as melhores condições de pagamento aos seus pacientes. O consultório trabalha com serviços de prótese dentária, limpeza, tratamento de canal, extração, clareamento dental, aparelho dental, lentes de contato e restauração. Faça a sua avaliação agora mesmo e agende o seu tratamento. O Neo Odonto fica localizado na Rua Coronel Paulino Chaves, 499, no centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9262 / (77) 99702-3049 (WhatsApp).

18 Mar 2020 - 12:30h

O ministro Luiz Henrique Mandetta reforçou a recomendação de que os idosos recebam atenção especial das famílias durante o enfrentamento do coronavírus no país. “Cuidem dos idosos. É hora de filho e filha cuidarem dos pais”, afirmou Mandetta, durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira (17), que atualizou os números de casos confirmados do novo coronavírus no país. O ministro também pediu que os pais evitem levar crianças para a casa dos avós. “Muitas vezes, as crianças são portadores assintomáticos. É muito difícil evitar o contato de um avô, uma avó com um neto. Não podemos deixar nossos idosos em risco”, afirmou. De acordo com Mandetta, a saúde dos idosos é prioritária para evitar o estrangulamento das unidades de terapia intensiva do país, pois o grupo tende a apresentar quadros mais graves da doença.

18 Mar 2020 - 10:30h

Os ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) editaram, nesta terça-feira, 17, uma portaria interministerial com determinações sobre a obrigatoriedade no cumprimento das medidas anunciadas pelo governo federal para conter a pandemia do novo coronavírus. Uma das decisões permite que o indivíduo que descumprir as recomendações poderá ser preso. A portaria leva em consideração dois artigos do Código Penal (Decreto-lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940): o 268 e o 330. O primeiro afirma que é crime contra a saúde pública “infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa” – neste caso, a pena é detenção, de um mês a um ano, e multa. O segundo artigo, por sua vez, estabelece que é crime “desobedecer a ordem legal de funcionário público”, com pena de detenção, de quinze dias a seis meses, e multa. Segundo o texto assinado pelos ministros, os profissionais da área da saúde poderão “solicitar o auxílio de força policial nos casos de recusa ou desobediência” de pacientes que precisem ficar em isolamento ou quarentena. A portaria também prevê que “a autoridade policial poderá encaminhar o agente à sua residência ou estabelecimento hospitalar para o cumprimento das medidas”. Há, ainda, a possibilidade de o indivíduo ser encaminhado a um estabelecimento prisional em cela isolada dos demais – esta hipótese, contudo, só é cogitada em casos excepcionais. O documento também prevê que, caso o governo passe a determinar o isolamento compulsório de pacientes, o que, por ora não ocorre, deve haver indicação médica e a medida precisa ser informada previamente às autoridades.

17 Mar 2020 - 13:30h

Os testes para detectar o coronavírus podem levar de 15 minutos, com uma picada no dedo para tirar o sangue, ou até sete dias, com uma coleta no nariz e faringe por meio de um cotonete. A maior parte da rede de saúde opta pelo PCR, incluindo o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e o Sistema Único de Saúde (SUS). O tipo demora mais, mas é mais preciso. De acordo com o G1, a infectologista Tânia Vergara, da Sociedade de Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro, explica que o teste do tipo PCR, o mesmo distribuído pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e feito pelo SUS nos laboratórios de referência, é o "padrão ouro". Ela defende que seja feito sempre para confirmação da doença. Vergara diz que outros modelos de teste podem apresentar um resultado cruzado - mostrar um falso positivo, detectando uma resposta do corpo à outra doença. No caso do PCR, é uma detecção específica do vírus coronavírus, o que diminui o risco. Mesmo após pedido da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que os países apliquem testes em massa, o Ministério da Saúde mantém a determinação de testar apenas casos graves nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo.

17 Mar 2020 - 11:25h

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou mais três casos de contaminação por coronavírus, na manhã desta terça-feira (17). Com isso, o número total de registros subiu de 10 para 13. O resultado foi confirmando por meio de testes. Segundo uma publicação nas redes sociais de Fábio Vilas-Boas, secretário de saúde da Bahia, os novos casos de contaminações foram registrados em Porto Seguro (2), no sul da Bahia, e também em Prado (1), que fica no extremo-sul do estado baiano. Todos os casos foram importados. De acordo com a Sesab, um dos casos de Porto Seguro é de uma mulher de 35 anos, que teve passagem pelos Estados Unidos Da América. O segundo caso também é de uma mulher, de 42 anos, e que teve contato com um paciente contaminado, que estava na festa de casamento da irmã de Gabriela Pugliesi, em Itacaré. O caso de Prado, no entanto, é de um homem de 42 anos, que teve passagem por Milão e Londres.

17 Mar 2020 - 10:55h

O estado de São Paulo registrou o primeiro caso de morte de uma vítima por coronavírus. A informação foi divulgada pelo governo estadual na manhã desta terça-feira (17). Não há informações se a vítima mora na capital paulista e qual o sexo. Ainda não há detalhes se a vítima viajou ao exterior ou se teve contato com alguém contaminado no Brasil. Esse também foi o primeiro óbito registrado no Brasil. De acordo com a Secretária Estadual de Saúde, o estado de São Paulo tem 152 casos confirmados da doença até esta segunda-feira, com mais 1.777 casos suspeitos de coronavírus. Em todo o Brasil são 234 casos confirmados, de acordo com o boletim do Ministério da Saúde desta segunda-feira. De acordo com o G1, o Governo de São Paulo avalia que o surto de coronavírus deve durar “de quatro a cinco meses”. No entanto, as medidas restritivas adotadas pela administração estadual, como a suspensão das aulas e a restrição de eventos, não devem ser aplicadas durante todo este período.

17 Mar 2020 - 08:30h

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou o 10º caso de contaminação por coronavírus, no início da noite da última segunda-feira (16). O paciente é um homem de 43 anos, de Porto Seguro, no sul do estado. Ele que trabalha na casa de uma das pessoas que estava no casamento realizado em Itacaré. Essa pessoa, que não é da Bahia, também teve o diagnóstico positivo para a Covid-19. Ainda segundo a Sesab, o paciente de Porto Seguro está assintomático. A secretaria não detalhou se ele está em isolamento domiciliar. Dos casos registrados na Bahia, até esta segunda-feira (16), cinco foram na cidade de Feira de Santana, quatro na capital e um em Porto Seguro.

16 Mar 2020 - 15:00h

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, nesta segunda (16) que há registro de morte de crianças por causa do Covid-19. O diretor-geral da entidade não deu mais detalhes sobre o perfil das vítimas. De acordo com o G1, entretanto, até esta segunda-feira, a organização não havia reconhecido a morte de crianças pelo novo coronavírus. A entidade vem ressaltando que os grupos mais vulneráveis incluem as pessoas mais velhas ou com doenças pré-existentes, como diabetes ou no sistema cardiovascular, como hipertensão.

16 Mar 2020 - 08:30h

O Laboratório Exame é especializado em análises clínicas em Brumado e região. No município, a unidade terá como bioquímico o experiente e competente Leonardo Borborema Neto. O laboratório oferece um atendimento humanizado e personalizado, proporcionando maior satisfação aos clientes e colaboradores. O laboratório dispõe de equipamentos de alta tecnologia para realização de exames de qualidade, com resultados confiáveis e seguros para um diagnóstico preciso e rápido a serviço da vida da população de Brumado e região. A missão é realizar exames laboratoriais com excelência e qualidade, atender com humanização, sustentabilidade e responsabilidade social, com uma visão de ser reconhecido como um laboratório de referência e manter a credibilidade junto à sociedade. O valor será em total compromisso com a vida; confiabilidade; melhoria contínua; ética e humanização. O laboratório Exame fica localizado na Avenida Cassemiro Pinheiro de Azevedo, 655, centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9286 / (77) 3441-5039 / (77) 99991-5757 (WhatsApp).

16 Mar 2020 - 07:30h

Em Brumado, o Neo Odonto - Núcleo de Estética Oral possui convênio com vários planos de saúde a fim de oferecer as melhores condições de pagamento aos seus pacientes. O consultório trabalha com serviços de prótese dentária, limpeza, tratamento de canal, extração, clareamento dental, aparelho dental, lentes de contato e restauração. Faça a sua avaliação agora mesmo e agende o seu tratamento. O Neo Odonto fica localizado na Rua Coronel Paulino Chaves, 499, no centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9262 / (77) 99702-3049 (WhatsApp).

15 Mar 2020 - 05:30h

Dados divulgados pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) apontam que 2.292 mil pessoas foram diagnosticadas com dengue, zika ou chikungunya só nas primeiras cinco semanas deste ano em todo o estado. Os dados, que são os mais recentes da Sesab, compreendem o intervalo entre 29 de dezembro e o dia 1º de fevereiro deste ano. Na prática, cerca de 65 pessoas são infectadas com uma das três doenças diariamente.

14 Mar 2020 - 06:45h

A primeira paciente contaminada pelo coronavírus na Bahia foi liberada do isolamento domiciliar, na cidade de Feira de Santana, no interior da Bahia. A informação foi divulgada pela prefeitura do município na noite desta sexta-feira (13). A mulher, que tem 34 anos, contraiu o coronavírus em uma viagem internacional. Ela retornou da Itália em 25 de fevereiro, com passagens por Milão e Roma, onde aconteceu a contaminação. Com a liberação do isolamento, ela pode retornar as atividades normais. De acordo com o G1, para ser liberada do isolamento, a mulher fez um novo exame do coronavírus. O resultado, que saiu nesta sexta, deu negativo para o vírus. Ela passou o período de 14 dias sem contato com familiares ou amigos, dentro de casa, sem necessidade de atendimento hospitalar. A mulher tem duas filhas, que não foram contaminadas pelo coronavírus. No entanto, a trabalhadora doméstica da casa dela contraiu a Covid-19. A doença também foi transmitida para a mãe da trabalhadora e para o marido da mãe.

14 Mar 2020 - 06:35h

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou, na tarde desta sexta-feira (13), mais quatro casos do novo coronavírus no estado da Bahia. Três deles foram registrados em Salvador, que tem a primeira ocorrência da Covid-19. O resultado foi confirmando por meio de testes. De acordo com o secretário Fábio Vilas-Boas, os casos da capital são: uma mulher de 52 anos e a filha de 11 anos, que voltaram de uma viagem recente à Espanha, e um idoso de 72 anos, que também veio de viagem recente à Itália e está internado em um hospital privado. O outro caso também se trata de um idoso, de 73 anos, na cidade de Feira de Santana. Ele é marido da mãe da trabalhadora doméstica, que foi contaminada pela dona de casa que ela trabalha, após uma viagem à Itália. Os quatro foram infectados pelo coronavírus. De acordo com o G1, a dona de casa foi a primeira ocorrência na Bahia, sendo um caso importada. Ela, que tem 34 anos e é residente de Feira de Santana, retornou da Itália em 25 de fevereiro, com passagens por Milão e Roma, onde aconteceu a contaminação. A primeira transmissão local do vírus também foi em uma mulher, de 42 anos, que teve contato domiciliar com a dona de casa quando esta ainda estava sintomática. A terceira paciente de Feira de Santana é a mãe da doméstica, de 68 anos. Ainda não há detalhes se o marido da mãe da doméstica é pai ou padrasto dela. Amostras foram coletadas na residência e analisadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA), que, de acordo com a Sesab, a partir desta semana foi autorizado a realizar os exames para detectar diretamente o Covid-19, sem necessidade de contraprova em laboratório de referência nacional.

13 Mar 2020 - 16:30h

Uma resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determina que planos de saúde terão de cobrir testes para diagnóstico da Covid-19, provocada pelo novo coronavírus. O texto foi publicado nesta sexta-feira, 13, no Diário Oficial da União. Na prática, a ANS incluiu os testes dentro do rol de procedimentos obrigatórios para os beneficiários de planos de saúde. Os pacientes têm a cobertura quando for considerado caso suspeito ou provável da doença. O teste será coberto para os beneficiários de planos de saúde com segmentação ambulatorial, hospitalar ou referência e será feito nos casos em que houver indicação médica, de acordo com o protocolo e as diretrizes definidas pelo Ministério da Saúde. São considerados casos suspeitos pacientes que tenham tido febre acima dos 37,8°, tenham apresentado ao menos um sintoma respiratório nos últimos catorze dias e que se enquadrem em uma das seguintes situações: chegou do exterior, esteve em uma área com transmissão local  – vale lembrar que São Paulo e Bahia são estados com transmissão local confirmada – ou teve contato próximo com caso suspeito ou confirmado para Covid-19. Os sintomas respiratórios mais comuns da doença são tosse, produção de escarro, congestão nasal, coriza e dificuldade para respirar. A ANS orienta que os beneficiários consultem as operadoras de planos de saúde para se informar sobre os locais adequados para a realização do exame e esclarecer dúvidas sobre o diagnóstico ou tratamento da doença. A agência também esclarece que a cobertura do tratamento aos pacientes diagnosticados com o Covid-19 já é assegurada aos beneficiários de planos de saúde, de acordo com a segmentação de seus planos (ambulatorial, hospitalar).

13 Mar 2020 - 11:30h

O Brasil vai direcionar 2 mil leitos de UTI para o tratamento de pacientes com Covid-19 pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Na quinta-feira (12), o Ministério da Saúde explicou que a previsão de aumento nos atendimentos do SUS foi motivada pela rápida evolução da doença na Europa. O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, disse em entrevista coletiva que o nível de preocupação com leitos aumentou após registros dos casos na Itália. “Quando pensamos em mil leitos, foi uma estimativa, sem nenhum dado concreto”, disse o secretário-executivo. “Hoje, depois da Itália, nosso nível de preocupação aumentou. Por isso estamos colocando dois mil leitos”. Gabbardo disse também que o SUS deve mudar os critérios para o uso de leitos nas Unidades de Tratamentos Intensivos (UTI) e explicou que pacientes terminais, por exemplo, não serão levados a este setor. “Estamos pensando em sugestões e alterações do uso dos leitos”, disse. “Não vamos colocar pacientes de forma desnecessária em um hospital. Tem critérios na utilização para situação de emergência”. A pasta também anunciou, nesta quinta (12), a convocação de 5 mil profissionais pelo programa Mais Médicos para contribuir no combate ao surto de novo coronavírus.

12 Mar 2020 - 11:30h

O terceiro caso do novo coronavírus foi confirmado na Bahia. A informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nesta quarta-feira (11). O novo caso também foi na cidade de Feira de Santana e foi em uma mulher de 68 anos, que teve contato domiciliar com a segunda paciente do estado com o Covid-19. Conforme boletim da Sesab a terceira paciente apresenta sintomas leves e está em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução de contato. Este é o segundo caso de transmissão local do vírus, já sendo considerado circulante no estado. As amostras foram coletadas na residência e analisadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA), que a partir desta semana foi autorizado a realizar os exames para detectar diretamente o Covid-19, sem necessidade de contraprova em laboratório de referência nacional. O resultado confirmando o diagnóstico foi concluído na tarde desta quarta. Ainda conforme boletim da Sesab, a Bahia registrou 187 casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus. 133 foram descartados e 51 aguardam análise laboratorial. Ao todo, 25 municípios da Bahia fizeram notificações oficiais ao Cievs-BA. Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.