Achei Sudoeste
Achei Sudoeste
abastecimento
Embasa comunica interrupção no fornecimento de água em localidades rurais de Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Por problemas de energia nas instalações da Estação de Tratamento de Água da Lagoa Funda, em Brumado, a Embasa informa que o fornecimento de água está interrompido em todas as localidades rurais atendidas pela mesma. São elas: Jacaré, Barreiro, Furado dos Veados, Lagoa do Arroz, Lagoa dos Algodões, André, Curralinho, Limoeiro, Coqueiros, Fazenda Nova, Retiro, Cachoeira, Lagoa Funda, Itaquerê, Lagoas, Campo de Dentro, Pedra Preta, Itaquarai, Bernardo José, Km 18 e Correias. Assim que a equipe técnica finalizar o reparo, a Embasa poderá voltar a operar o sistema de água, com expectativa de regularização completa nas 48 horas posteriores. Até a normalização do abastecimento, a empresa recomenda que a população utilize de forma criteriosa a água armazenada nos reservatórios domiciliares, evitando usos que possam ser adiados e todas as formas de desperdício.

Embasa informa interrupção no abastecimento em Brumado e Malhada de Pedras Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Devido a falhas no fornecimento de energia elétrica na Barragem de Cristalândia, o abastecimento está afetado nos municípios de Brumado e Malhada de Pedras. A Coelba ainda não informou o prazo para a normalização do fornecimento de energia, o qual, segundo a Embasa, é necessário para a retomada do abastecimento. A empresa recomenda o uso criterioso da água armazenada nos reservatórios domiciliares, evitando usos que possam ser adiados e todas as formas de desperdício.

Livramento: Vereador quer ações e não palavras para resolver problemas no abastecimento Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Livramento de Nossa Senhora, na região sudoeste da Bahia, são muitas as reclamações com relação a irregularidades no abastecimento de água. Ao site Achei Sudoeste, o vereador Josemar Miranda Silva (PSD), o Professor Zemar, disse que, em 2019, a prefeitura assinou um contrato de concessão com a Embasa, porém o mesmo não previa a ampliação do sistema de captação e tratamento de água. Assim, embora a cidade venha crescendo de forma exponencial a cada ano, o parlamentar afirmou que a oferta de água pela Embasa é a mesma de 20 anos atrás e, por isso, são frequentes as queixas com relação ao desabastecimento em diversos bairros. A Câmara Municipal aprovou um requerimento convocando representantes da Embasa para prestar esclarecimentos sobre o problema. No entanto, segundo Miranda, o desabastecimento não vai ser resolvido com isso. “Eles vão dar explicações técnicas que não resolvem o problema. Todo mundo sabe que o sistema de captação está obsoleto. Água tem bastante, mas o problema é que captam menos do que é consumido”, afirmou. Para o vereador, a crise tende a se agravar com o aumento das temperaturas e o prefeito precisa agir para cobrar da Embasa a ampliação do sistema e, se for necessário, buscar a ajuda do Governo do Estado para normalização do abastecimento no município.   

Brumado: Consumidores do Irmã Dulce cobram da Embasa regularidade no abastecimento Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Moradores do Bairro Irmã Dulce, em Brumado, continuam lidando com diversos problemas diante da irregularidade no serviço de abastecimento de água na localidade. Ao site Achei Sudoeste, a dona de casa Jessilda Ferreira relatou que falta água constantemente no bairro sem que a Embasa sequer comunique ou justifique a interrupção no abastecimento. Até o contato com a empresa para realização de reclamações é difícil, segundo apontou. Com necessidades diárias e essenciais, dona Jessilda tem de se deslocar para residência da sogra para buscar água. “Pego um bocado de garrafa de refrigerante de dois litros, encho e trago na sacola”, contou. Mesmo com o desabastecimento, a moradora disse que já recebeu a conta de água do mês de dezembro no valor de R$ 86. Ela reclamou que a conta costumava vir entre R$ 30 e R$ 35 e o aumento considerável se deve ao vento no hidrômetro. Os moradores estão se mobilizando para fazer um protesto tamanha a gravidade do problema.

Caetité: Sem água há mais de uma semana, populares cobram providências da Embasa Foto: Eliana Santos/Achei Sudoeste

Moradores do Bairro Santa Rita, na cidade de Caetité, na região do Sertão Produtivo, estão sofrendo com o desabastecimento na região. Ao site Achei Sudoeste, a moradora Eliana Santos relatou que toda água que havia nos reservatórios acabou e a comunidade está há mais de uma semana sem o líquido nas torneiras. “Não tem água nem pra beber”, lamentou. A Embasa comunicou a interrupção no abastecimento em virtude da realização de trabalho de manutenção na rede, porém Eliana disse que a falta d'água já dura dias, prejudicando o cotidiano dos moradores, principalmente diante da onda de calor que atinge o país. “Tá um horror. Só Deus por nós mesmo. Está todo mundo sem água”, afirmou. Os moradores cobram providências da empresa para garantir o abastecimento no bairro.

Falhas no abastecimento em Brumado ocorreram por causa do furto de água, pontua Embasa Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Brumado, a Embasa tem feito um amplo trabalho de investigação para identificar pontos de fraude e roubo de água ao longo do caminho da adutora de Cristalândia. Até o momento, já foram identificados 11 pontos de fraude, o que representa 12% do que é captado da Barragem de Cristalândia, ou seja, 63 mil litros de água por hora. Ao site Achei Sudoeste, Manoel Matheus, gerente da unidade regional da Embasa, justificou que as falhas de abastecimento reivindicadas pela população na sede do município se devem a esses furtos de água. “Não tenho a menor dúvida disso. Se você tem recorrentemente uma perda do que você deveria estar entregando ao longo de dias há uma defasagem no abastecimento”, afirmou. Segundo o diretor, o pico de reclamações em Brumado ocorreu entre os dias 5 e 10 de outubro, quando se iniciou o trabalho de apuração da Embasa. Após a reversão dos pontos de fraude, a empresa detectou uma queda significativamente no número de reclamações. “Desde então, a evolução vem sendo gradativa e as reclamações vem caindo. Se as reclamações caem é natural que estamos tendo uma melhoria na oferta”, destacou Matheus.

Brumado: Câmara aprova convocação da Embasa para esclarecer falhas no abastecimento Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na sessão desta segunda-feira (16), o vereador Amarildo Bomfim Oliveira (PSB) protocolou um requerimento solicitando a presença do gerente regional da Embasa na Câmara Municipal a fim de esclarecer as falhas no abastecimento da cidade de Brumado. Ao site Achei Sudoeste, Amarildo disse que está indignado com a situação de alguns bairros na cidade, onde os moradores estão sendo obrigados a buscar água em galões e latas na cabeça devido ao desabastecimento. Para o parlamentar, a empresa precisa se posicionar diante do problema. “A conta não para de chegar e não existe nenhuma nota da Embasa dizendo que estamos passando por um momento de racionamento de água. A Embasa tem que dar esclarecimentos”, afirmou. A realidade é tão crítica que o vereador relatou que até no comércio, no Mercado Municipal e em logradouros públicos está faltando água e impactando o dia a dia de comerciantes e consumidores. “Tá parecendo racionamento forçado. Não ouvi falar que a barragem esteja em uma situação crítica. Queremos entender o que está acontecendo. A Embasa tem que vir a público dizer o que está acontecendo. Do jeito que tá não pode ficar”, reiterou.

Arquivo