Brumado: MPT negocia com a Shalev o pagamento de salários atrasados

28 Set 2013 - 11:30h

Após os manifestos realizados pelos funcionários que prestam serviços para as empresas Contrate e Shalev, terceirizadas da Secretaria de Educação da Bahia providências vêm sendo tomadas no sentido de resguardar os direitos dos trabalhadores. Depois da oitava rodada de negociações, mais duas empresas assinaram acordos durante audiência realizada na última quinta-feira (26), no Ministério Público do Trabalho (MPT). Os acordos visam garantir os salários atrasados dos servidores. Por conta dos atrasos, parte dos servidores está paralisada em todo o estado, inclusive na cidade de Brumado, onde a greve deve durar até o pagamento dos salários. Segundo o MPT, durante a audiência, a empresa World apresentou documentos onde comprovou que as dívidas ultrapassam os valores que serão pagos pelo estado. O MPT estipulou que parte dos salários deve ser paga até a próxima semana. Na próxima audiência, marcada para o dia 8 de outubro, o Ministério irá estipular uma nova data para o restante dos pagamentos. Já a Shalev se comprometeu a quitar as dívidas até a próxima semana. Na audiência realizada na terça-feira (24), duas novas empresas assinaram os acordos. Na reunião, a LC informou que já havia quitados as dívidas. A partir disso, o Ministério solicitou que os comprovantes de pagamentos sejam apresentados. Já a Medial informou que irá quitar os atrasados até a próxima semana.

Comentários

Jailda Gama

"Olá sou funcionaria da Shalev, (Direc 11 - Ribeira do Pombal) e já não sei mais o que fazer a todo momento nós funcionários estamos sendo pressionados e ameaçados pelos gestores das escolas a voltarem ao trabalho. Mesmo com esse acordo não é uma coisa garantida, pois uma outra empresa (BC Serviços) já fez o acordo e já se passou quase um mês e até o momento os funcionários ainda não receberam nada e nem tem posição de nada, se houve o distrato ou se ainda vai ocorrer. Ai me pergunto o que fazer?"

Deixar comentário

Comentário