Com dois reajustes em uma semana, brumadenses passam a pagar R$ 3,849 no litro da gasolina

30 Set 2015 - 13:00h

A Petrobras justiçou dificuldades de caixa e um nível elevado de endividamento para reajustar a partir desta quarta-feira (30) o preço da gasolina em 6% e o preço do diesel em 4%. A alta na refinaria deve ser repassada ao consumidor, com impactos na inflação deste e do próximo ano. Este é o segundo aumento na gasolina, pois, na última sexta-feira (25), já havia ocorrido outra elevação na casa dos 6%, e a gasolina, que antes custava R$ 3,38, foi para 3,49. Com o novo aumento anunciado para hoje, o consumidor brumadense começou a pagar mais caro pelo combustível e a gasolina subiu para 3,849 - o Diesel, de R$ 2,999, subiu para R$ 3,239. Outra justificativa da Petrobras é que com a disparada do dólar os preços dos dois combustíveis no Brasil passaram a ficar mais baixos do que no mercado externo, mesmo em um cenário de queda no preço do petróleo no mercado internacional.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias