Falta de examinadores gera transtornos e reclamações na 18ª Ciretran em Brumado

31 Jan 2017 - 09:00h

Na última sexta-feira (27), o Brumado Notícias registrou dezenas de pessoas debaixo de sol forte em uma grande fila esperando a vez para passarem pelo exame de baliza para retirada da carteira de habilitação na sede da 18ª Ciretran, em Brumado. Alunos e instrutores denunciaram ao site Brumado Notícias que está faltando examinador na unidade e reclamaram que a situação vem gerando transtornos aos que desejam adquirir a habilitação na região da Ciretran brumadense. Nossa reportagem ouviu o coordenador do órgão, Cleber Leal, e o mesmo apontou que já esteve pessoalmente na coordenação geral do estado, em Salvador, buscando uma solução para o problema. Há um examinador para as categorias de B a D, mas a grande demanda de interessados na categoria A (para motocicletas) é examinada apenas a cada 15 dias por um examinador pertencente a Ciretran da cidade de Guanambi. Existe também uma carência de examinador na categoria E (para carretas); desde o ano passado, os interessados estão impossibilitados de renovar ou adquirir uma nova habilitação. 

“O espaço físico é novo, mais amplo e até oferece melhor comodidade, mas o setor continua com os mesmos velhos problemas que o estado prefere vendar os olhos e fingir que não está vendo. Não culpamos o pessoal que trabalha aqui, pois em tão pouco número se desdobra e faz até mais do que lhes convêm, mas cobramos do estado que não dá a devida atenção a nossa carência. Além de termos que pagar caro para andarmos em dia com a lei de trânsito, ainda temos de passar essa humilhação aqui em Brumado”, desabafou um condutor que aguardava na fila para o exame. O prédio próprio da 18ª Ciretran de Brumado começou a funcionar no mês de julho de 2016 aguardando a presença de um representante da esfera do governo do estado para ser oficialmente inaugurado. O local passa por pendências na rede elétrica e, muitas vezes, sofre sobrecarga e acaba provocando uma queda no sistema integrado de internet, causando atrasos na emissão de documentos importantes. A 18ª Ciretran atende 21 municípios da microrregião e milhares de pessoas passam pela repartição em busca de atendimento.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

mais notícias