Brumado: Polícia elucida ações de estuprador em série na região da 20ª Coorpin

22 Mar 2017 - 00:00h

O delegado coordenador da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), Leonardo Rabelo, acompanhado dos delegados Francisco Tadeu (Presidente Jânio Quadros), Elen Lages (Guajeru), Maria Helena (Paramirim) e do coordenador do Departamento de Polícia Técnica (DPT), Fábio Púbio, concedeu uma entrevista coletiva à imprensa na última terça-feira (21). As investigações elucidaram o modo de atuação do estuprador em série, que agiu quatro vezes, entre os anos de 2014 e 2015, nos municípios de atuação dos delegados. O estuprador foi identificado como Jorge Silveira da Silva, de 33 anos, natural da cidade de Malhada de Pedras, que já teria atuado no serviço público como Guarda Municipal e também como vigilante no estado de São Paulo. As investigações concluíram que o criminoso abordava as vítimas em locais isolados, simulando estar armado. O acusado deixou pistas que foram importantes para a elucidação dos crimes. 

De acordo com informações das vítimas, ele agia usando capacete e tinha borrachas coloridas no aparelho dentário. O delegado Francisco Tadeu ponderou que a diligência da polícia, com o apoio das vítimas e das comunidades, foi determinante para chegar ao criminoso, que foi detido após cometer dois estupros no dia 16 de maior de 2015. Desde então, o elemento encontra-se preso em unidade psiquiátrica, uma vez que sua defesa alega insanidade mental. Para os delegados, o criminoso ainda teria dito que sempre agiu por impulso e, em alguns casos, praticou zoofilia. Há a suspeita de que o acusado tenha praticado outros estupros, inclusive em Brumado. A polícia espera que mais vítimas possam identificá-lo.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias