Empresário nega contrato com prefeitura e banda Calcinha Preta não irá se apresentar no São Pedro de Aracatu

30 Jun 2017 - 11:01h

O empresário Guto Rodrigues, da Axemais Entretenimento Eireli, negou, em entrevista por telefone ao site Achei Sudoeste, na manhã desta sexta-feira (30), que a Banda Calcinha Preta tenha qualquer contrato assinado com a Prefeitura Municipal de Aracatu, cidade administrada pelo prefeito Sérgio Silveira Maia (PV), para apresentação durante os festejos de São Pedro no município. De acordo com ele, o município chegou a acionar a sua produtora com o intuito de contratar o grupo musical para os festejos, mas a contratação não se efetivou. Guto assegurou que a publicação no Diário Oficial do Município de um show da banda no dia 09 de julho na cidade está errada e fora da realidade do mercado atual. “Houve um contato com a nossa produtora, enviamos a documentação, mas não existe nenhum contrato assinado com a Prefeitura de Aracatu. Fizeram uma reserva da data, enviamos a nossa documentação, mas pelo valor de R$ 28 mil não realizaremos a apresentação, pois está fora do nosso orçamento e não paga nem a folha de pagamento da banda Calcinha Preta”, garantiu. Apesar de no cartaz oficial divulgado pela prefeitura de Aracatu constar a banda Calcinha Preta como atração da festa, os munícipes que são fãs não terão como curtir o show. Segundo apurou a nossa reportagem, durante o período de São João, a banda realizou shows de R$ 90 mil a R$ 140 mil, a depender do local e logística. Já no período de São Pedro, o show da banda gira em torno de R$ 70 mil a 80 mil, dependendo também da logística. Vale ressaltar que os festejos em Aracatu já estão fora da data do período. Na última quinta-feira (29), o Ministério Público Estadual (MPE) quer que o município seja obrigado a reduzir os gastos com os festejos de São Pedro, que será realizado entre os dias 07 e 09 de julho.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias