Guajeru: Obras anunciadas pela prefeitura escondem dívida milionária, diz vereador

22 Fev 2018 - 14:00h

Em comemoração ao 33º aniversário da cidade de Guajeru, a prefeitura municipal, sob o comando do prefeito Gil Rocha (PDT), anunciou a pavimentação asfáltica de cerca de 6.500 m² de ruas e a revitalização da Praça Deoclides Pereira Dias, a Praça da Feira. Apesar do clima de festividade, o vereador Nilson Mesquita (PMDB) disse, em sessão legislativa, que a ação marqueteira do prefeito não deixa claro que as obras “presenteadas” são frutos de um empréstimo milionário junto à Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia). Para o vereador, a ação é uma tentativa de continuar a enganar o povo. "O referido presente, quase em sua totalidade, será pago por futuras administrações. E utiliza de uma necessidade que tem o município das obras de investimento, fazendo o que a bíblia chama de sepulcro caiado, apenas aparência”, comparou Nilson. Para o parlamentar, os atos do executivo deveriam ser conquistados por meio de convênios e não através de empréstimos. Ele ainda ressaltou que a população precisa saber que esse “presente” esconde uma grande dívida para município. "A população pode não sentir as consequências de imediato, porém, num futuro próximo, teremos comprometimento em nossos serviços públicos essenciais, em consequência de uma atitude irresponsável”, avaliou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias