Operação Águia de Haia: Vaza delação de empresário que cita deputado Nelson Leal

09 Nov 2018 - 13:00h

Concorrendo ao cargo de presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado estadual Nelson Leal (PP), natural da cidade de Livramento de Nossa Senhora, a 68 km de Brumado, foi citado na delação premiada do empresário Kells Belarmino Mendes, investigado na operação Águia de Haia por liderar um esquema de fraude a licitações e desvio de verbas públicas. Belarmino contou ao Ministério Público Federal (MPF) que o deputado, ao lado do irmão André Leal, intermediou um contrato que foi firmado com a prefeitura de Livramento de Nossa Senhora. No caso de Paramirim, narra o delator, a intermediação por parte do deputado e do irmão se repetiu. Segundo o empresário, os pagamentos feitos para o parlamentar eram entregues através de André Leal, fossem em espécie ou via transferência bancária. No depoimento, Belarmino também contou que nenhum dos contratos indicados por Nelson Leal foi executado, mas ainda assim efetuou pagamentos destinados ao parlamentar. No entanto, o MPF não ofereceu denúncia contra o parlamentar na primeira instância por entender que não havia provas suficientes para os delitos apontados pelo delator. O esquema investigado envolvia diversos municípios do estado da Bahia. De acordo com as investigações, a organização criminosa reuniu prefeitos e servidores públicos de aproximadamente 20 municípios entre os anos de 2009 e 2015. O esquema consistia na contratação de empresas do grupo de Kells Belarmino para prestação de serviços educacionais e pedagógicos de tecnologia da informação. As informações são do Bocão News.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias