Brumadinho: Vale apresenta proposta de indenização a parentes de vítimas

10 Fev 2019 - 09:25h

A Vale apresentou na sexta-feira (08) ao Ministério Público do Trabalho (MPT), de Belo Horizonte, uma proposta de indenização aos familiares das vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho (MG). Entre as medidas apresentadas está a garantia de emprego para os empregados que se salvaram e de salário às famílias daqueles que morreram até o fim deste ano. Além disso, a mineradora propõe um pagamento mensal correspondente a 2/3 do salário líquido da vítima até a data em que ela completaria 75 anos. Foi proposto também outros 300.000 reais a cônjuges ou companheiras(os), 300.000 reais para cada um dos filhos, 150.000 reais a cada pai e mãe e 75.000 reais para cada irmão por danos morais. De acordo com a Veja, a Vale assumiu o compromisso de arcar com plano médico para os familiares dos trabalhadores próprios e terceirizados, com abrangência em todo o Estado de Minas Gerais, de forma vitalícia para as viúvas(os) ou companheiras(os) e para os dependentes até 22 anos. Esses compromissos são independentes do valor de 100.000 reais que já está sendo pago pela Vale. As negociações ainda estão em andamento. De imediato, a empresa garantiu auxílio-creche de 920 reais para filhos dos trabalhadores com até três anos e auxílio-educação de 998 reais para filhos de trabalhadores até que completem 18 anos.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias