Médicos preferem municípios com menos carga laboral, o que atrapalha recrutamento para Brumado, diz prefeito

17 Mai 2019 - 10:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) disse que o Município de Brumado dispõe de 10 médicos do Programa Mais Médicos. Com a saída dos cubanos, os brasileiros preencheram essas vagas e, para o gestor, por uma questão cultural, estes buscam o que é mais conveniente. “Como em Brumado, o pagamento bruto não chega a R$ 12 mil - parte do governo e parte o município completa, nós cobramos que eles trabalhem 5 dias por semana; às vezes, a gente tolera 4 dias com mais 1 de plantão no hospital. Só que muitos municípios concordam de o mesmo trabalhar dois dias ao invés dos cinco dias. Aí o profissional prefere atuar nesses municípios onde a carga é menor, consequentemente desfalca municípios do porte de Brumado”, criticou. O gestor fez questão de frisar que a Administração procurar atuar com justiça, visto que o salário pago corresponde a 5 dias de trabalho, e isso afasta os profissionais. “Isso é compreensível, não estou jogando pedra em ninguém. Mas é um fato”, completou. De acordo com Vasconcelos, com a implantação da Faculdade de Medicina em Brumado, haverá mais mão de obra nesse sentido.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias