'Recebam de braços abertos': Juiz de Senhor do Bonfim solta presos para evitar processo por abuso de autoridade

06 Out 2019 - 07:00h

Um juiz da cidade de Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, soltou dois homens presos em flagrante por policiais da delegacia da cidade, pela suspeita de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, alegando não querer ser processado por abuso de autoridade. O caso aconteceu no dia 30 de setembro, mas só foi divulgado na sexta-feira (4). Na sentença, o juiz Teomar Almeida de Oliveira alegou não que não poderia converter as duas prisões em preventivas e, por isso, os suspeitos foram liberados. Eles responderão em liberdade. “Transformar a autoridade em réu e o réu em divindade, com o famoso 'abuso de autoridade', foi o que escolheu nossa sociedade. Desse modo, respeitando o regime democrático de direito, recebam-no(s) de braços abertos, sem dele(s) sair de perto, e não reclamem o(s) seus(s) malfeitos”, escreveu o juiz no documento. De acordo com o G1, na sentença, o juiz estabelece ainda que Eduardo Lima e José Francisco da Silva Neto têm que cumprir algumas condições de praxe, como comparecer em juízo até o dia 5 de cada mês, além de serem proibidos de se ausentar da cidade por mais de oito dias, sem autorização judicial.

Comentários

Nei

"parabéns a oposição de esquerda por mais esse belo presente a sociedade !"

Deixar comentário

Comentário

mais notícias