Morre, aos 83 anos, Dona Quita, que há 60 anos vendia as tradicionais fogueiras juninas em Brumado

19 Nov 2019 - 14:00h

Aos 83 anos, morreu na cidade de Brumado Maria José Marques de Oliveira, popular Dona Quita da fogueira. Ela era natural da cidade Tanhaçu, mas, desde menina, mudou-se para Brumado com a família. Dona Quita começou a vender fogueira aos 23 anos de idade por influência do sogro. Religiosa e apaixonada pelos festejos juninos, se esforçou ao longo dos últimos 60 anos para manter a tradição vendendo fogueiras na cidade. As suas fogueiras eram as mais tradicionais e procuradas no município. Dona Quita estava internada no Hospital Professor Magalhães Neto devido a complicações na saúde, não resistiu e acabou falecendo na tarde desta segunda-feira (18). A família vela o corpo na Rua Bahia, no Bairro Jardim Brasil, e o sepultamento será às 17h. Dona Quita teve sete filhos, seis ainda vivos, além de vários netos e bisnetos. Em sua última entrevista ao site Achei Sudoeste no mês de junho deste ano, Dona Quita revelou que não temia a morte, mas sim o fim da tradição das fogueiras nos períodos dos festejos, o que do seu ponto de vista marcaria também o fim da religiosidade entre os munícipes. “Isso era dos mais velhos, está acabando e vai acabar de vez”, disse, na ocasião.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias