Guanambi: Tenente-coronel Arthur Mascarenhas ajuíza ação contra cantor Igor Kannário

02 Mar 2020 - 08:00h

O cantor e deputado federal Igor Kannário (DEM-BA) fez graves ofensas a equipes da Polícia Militar (PM-BA) enquanto as mesmas separavam uma briga em via pública. O episódio aconteceu na última segunda-feira (24), durante passagem de sua pipoca no circuito Osmar (Campo Grande). Kannário estava em um trio independente e xingou os PMs de ‘bunda mole’. Em seguida, ele fez mais provocações, gerando repulsa e indignação por toda a corporação militar, diretoria da União dos Prefeitos da Bahia (UPB) e populares. A direção do Instituto de Consulta, Estudos e Pesquisas Militar da Bahia (Iceme-BA) sugeriu um abaixo-assinado que circula nas redes sociais pedindo o fim do exercício parlamentar de Igor Kannário ‘por condutas incompatíveis com o decoro parlamentar’. O comandante do 17º Batalhão de Polícia Militar, em Guanambi, Tenente Coronel Arthur Mascarenhas, convocou todos os oficiais da PM-BA a ajuizar ação cível contra o cantor Igor Kannário, por danos morais. A ação será através da Associação dos oficiais da Polícia Militar da Bahia, escritório de Vitória da Conquista, sem custos para os associados. “Se nos calarmos diante dessas ofensas rotineiras, esse indivíduo irá perpetuar suas agressões constantemente”, argumentou Mascarenhas.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias