Brumado: Endicon não paga vencimentos, ameaça demitidos e chama PM para liberar caminhões

18 Jan 2022 - 09:00h

Na última semana, funcionários que haviam sido demitidos da Endicon, contratada da Coelba, realizaram um bloqueio como forma de protesto na entrada da empresa (veja aqui). Eles alegam que a Endicon quer deixar a cidade sem pagar os vencimentos devidos a mais de 280 trabalhadores. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Jediel Lopes contou que representantes da empresa convidaram alguns trabalhadores para uma conversa na manhã desta terça-feira (17), mas não houve diálogo. “Acreditávamos que seria uma conversa de cavalheiros, em que entraríamos num acordo para que ambas as partes deixassem de perder, porém eles apenas exigiram a nossa retirada imediata da frente da empresa. Que eles não admitiam isso e que eles estavam tendo prejuízo”, relatou. Segundo Lopes, os representantes ameaçaram chamar a polícia para retirar os trabalhadores do local à força. “Passamos a ser lenha queimada. Objetos descartáveis e sem valor. Demitidos, somos tratados como lixo”, criticou. Em contrapartida, Lopes rebateu que a categoria também está sendo prejudicada diante do não recebimento do que lhes é de direito. “Somos pais de família e não estamos aqui por brincadeira. Estamos aqui por necessidade e em busca do que é nosso”, disparou. Os trabalhadores estão há 4 dias acampados na unidade.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias