Brumado: Secretário de saúde nega versão da PM e endossa atendimento em parto no HMPMN

24 Mai 2022 - 07:00h

Neste final de semana, policiais militares teriam auxiliado em um parto realizado no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto (HMPMN), em Brumado, causando polêmica ao dar a entender suposta falta da assistência devida (veja aqui). Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário municipal de saúde, Cláudio Soares Feres, disse que, da forma como a PM divulgou em nota ficou parecendo que o hospital negligenciou o atendimento (veja aqui). No entanto, o secretário refutou a versão de forma veemente. “Existe a versão de um, a versão do outro e a verdade. A paciente ganhou o neném em casa de parto natural. Os familiares levaram ela para o hospital. A mãe entrou para pegar uma cadeira de rodas, o policial escutou o pedido da mãe e foi ajudar. De imediato, a puérpera entra no hospital e é atendida pelo corpo de enfermeiras obstetras”, esclareceu. Conforme frisou, os policiais auxiliaram apenas a retirar a paciente do carro e conduzi-la à unidade de saúde. “Não houve demora. O atendimento foi rápido”, acrescentou. Para o secretário de saúde, a nota da PM foi mal redigida ou mal explicada.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias