De licença médica do cargo, Dudu Vasconcelos não recebeu salário, diz presidente da Câmara de Brumado

11 Fev 2019 - 13:00h

Durante todo o período de sua licença médica, o vereador eleito no município de Brumado, Eduardo Cunha Vasconcelos (PSDB), o Dudu Vasconcelos, não recebeu salário do poder legislativo. Segundo informou o presidente da Câmara de Vereadores, Leonardo Quinteiro Vasconcelos (PDT), Dudu ficou sem os vencimentos devido a uma determinação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Leonardo fez questão de rebater comentários publicados em redes sociais, os quais afirmavam que Cunha recebia os salários. “Esses comentários são maldosos, não condizem com a verdade”. Na última sexta-feira (09), o pai de Dudu Vasconcelos, o prefeito de Brumado, engenheiro Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), enviou um ofício à Câmara de Brumado relatando que seu filho não teria condições de continuar com o mandato parlamentar por conta do seu tratamento de saúde.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias