Morre ator e humorista Paulo Gustavo aos 42 anos, após complicações da Covid-19

05 Mai 2021 - 15:30h

Morreu nesta terça-feira (4) o ator e humorista Paulo Gustavo, aos 42 anos, após complicações da Covid-19. O artista estava hospitalizado desde 13 de março, em uma unidade do Rio de Janeiro. Inicialmente, Paulo Gustavo apresentava sintomas leves e foi internado por ter asma, doença que o incluía no grupo de risco para a doença causada pelo coronavírus. A situação se agravou e ele teve que ser intubado e submetido à terapia ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea). No início de maio o artista chegou a apresentar melhora, segundo informações da assessoria dele. No domingo (2) os médicos reduziram os sedativos e bloqueadores para que Paulo interagisse com médicos e o marido, Thales Bretas. No boletim da segunda-feira (3), a informação foi de que o quadro havia se agravado novamente e o ator teria sofrido uma embolia. Além de ator e comediante, Paulo Gustavo também era roteirista, produtor e diretor. Sua obra mais conhecida foi a peça que posteriormente virou uma trilogia no cinema, a comédia “Minha Mãe é uma Peça”. Nos filmes ele interpretava Dona Hermínia, personagem inspirada em sua própria mãe. O ator também fez sucesso como Valdomiro na série “Vai Que Cola” do Multishow. Minha Mãe é uma Peça 3, lançado em 2019, se tornou a maior bilheteria da história do cinema nacional, com R$ 143,9 milhões arrecadados em sua passagem pelas salas. Paulo Gustavo era casado com o médico Thales Bretas desde 2015. O casal teve dois filhos: Gael e Romeu, de um ano e meio.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias