Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Guanambi"

14 Jun 2019 - 09:00h

Na última quinta-feira (13), a Polícia Civil de Guanambi, a 141 km de Brumado, deflagrou uma operação para prender vários suspeitos de envolvimento na fraude de ingressos do Forró Du Vale. De acordo com informações do radialista Rony Martins, as prisões decretadas pela Justiça estão sendo cumpridas por uma equipe da Polícia Civil, comandada pelo Delegado Adir Pinheiro Junior. Informações preliminares apontam que mais de 200 ingressos falsos teriam sido vendidos até o momento, o que equivale a um prejuízo estimado em cerca de R$ 50 mil para a organização do evento. O golpe teria sido aplicado através do uso de dados pessoais e de cartões de crédito. Os fraudadores efetuavam a compra pela internet, imprimiam o ticket e resgatavam o ingresso no posto autorizado.

12 Jun 2019 - 00:00h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou parcialmente procedente o Termo de Ocorrência lavrado contra o prefeito de Guanambi, Jairo Silveira Magalhães (PSB), por irregularidades na contratação de pessoal por prazo determinado no exercício de 2017. Segundo informou o TCM ao site Achei Sudoeste, apenas no mês de março foram gastos R$3.787.063,05 com servidores temporários contratados em desacordo com a Constituição Federal. O relator do processo, conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, multou o gestor em R$ 3 mil. Para a relatoria, o gestor não conseguiu demonstrar que as contratações realizadas se enquadram nas hipóteses legais de excepcional interesse público. Essa demonstração deveria constar do processo administrativo de cada contratação, inclusive com a comprovação da observância dos demais requisitos previstos na lei municipal. Também não ficou comprovado que o recrutamento do pessoal contratado se deu por meio de processo de seleção simplificado, que, embora não se confunda com um concurso público, garante o mínimo de objetividade na escolha dos trabalhadores temporários, como manda o princípio da impessoalidade. Cabe recurso da decisão.

10 Jun 2019 - 08:00h

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da promotora de Justiça Tatyane Miranda Caires de Mansine Castro, ajuizou ação civil pública contra o ex-diretor-geral do Hospital Regional de Guanambi (HRG), Ariovaldo Vieira Boa Sorte, em razão da prática de improbidade administrativa. Durante a execução do contrato nº 022/2011, firmado entre o laboratório Biolac e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Ariovaldo não realizou a devida fiscalização do contrato, o que contribuiu para a Biolac cometer uma série de irregularidades. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o MP acionou ainda a Biolac Laboratório de Análises Clínicas e Biológicas e seus sócios Vanilson Marques Flores e Carmem Conceição Fernandes Santos Bonfim. “Trata-se de uma empresa que não tinha a mínima capacidade operacional para gerir um contrato com a administração pública na área de saúde”, afirmou a promotora de Justiça. Na ação, o MP requer a concessão de indisponibilidade de bens dos acionados até o limite de cerca de nove milhões de reais e a condenação dos mesmos às sanções previstas na Lei 8.429/92.

05 Jun 2019 - 11:00h

Diante da iminente instalação da Barragem de Rejeitos da Mina Pedra de Ferro, em Guanambi, a 141 km de Brumado, liderada pela Bahia Mineração (Bamin) na região do Alto Sertão, o Movimento Vida Sim, Barragem Não, composto por integrantes da sociedade civil organizada, tenta impedir a execução do projeto nos moldes impostos pela empresa responsável. O movimento citou os últimos acontecimentos em Mariana (2015) e Brumadinho (2019), os quais deixaram mais de 260 mortes confirmadas após o rompimento das barragens nos municípios. “Os prejuízos materiais e sociais são irrecuperáveis. As perdas atingiram, de modo irremediável, o geossistema e, principalmente, a vida dos moradores”, destacaram. Segundo o movimento, a instalação de uma barragem de rejeitos na região pode trazer danos ainda maiores, uma vez que o local escolhido para sua alocação se encontra acima da Barragem de Ceraíma, principal reservatório de água potável do entorno. A escassez de água tenderia a se agravar, conforme salientaram, uma vez que a área destinada à construção da barragem fica localizada entre os municípios de Caetité, Guanambi, Pindaí e distritos circunvizinhos, os quais possuem potencial hídrico que abarca a bacia do Rio das Rãs e, consequentemente, o Rio São Francisco. “A Bamim poderá utilizar até 1.620 m³ de água por hora do rio, água que deixará de abastecer os habitantes dos municípios supracitados”, disseram. Na tentativa de impedir a implantação do projeto, o movimento realizará na próxima quinta-feira (06), às 7h30, na Praça da Igreja Matriz Santo Antônio, em Guanambi, uma manifestação a favor da vida.

04 Jun 2019 - 16:00h

Depois da crise denunciada por diversos prefeitos da região no Hospital Regional de Guanambi (HRG), a 141 km de Brumado, mudanças positivas estão ocorrendo na unidade (Veja aqui, aqui,  aqui e aqui). As mudanças também aconteceram trinta dias depois da inspeção realizada pelo Secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, e após a substituição da diretoria, chefiada pela brumadense Paula Luísa Lima Melo de Barros. Uma das principais alterações diz respeito ao número de pacientes nos corredores, que foi zerado. De acordo com Vilas-Boas, o objetivo é ofertar um serviço de qualidade e resolutivo para a população. Além de reformas e ampliações, como a da farmácia e do almoxarifado, foram contratados novos profissionais, implantado o protocolo de classificação de risco, bem como a aquisição de novos equipamentos. O centro cirúrgico da unidade será duplicado, passando de três para seis salas cirúrgicas, o que possibilitará a realização do dobro de cirurgias. Também será licitada a construção de dez novos leitos de UTI Neonatal e um novo centro obstétrico.

03 Jun 2019 - 12:00h

O Ministério Público acatou representação feita pelo vereador Arnaldo Pereira de Azevedo (PSDB), o Nal, acusando de prática de improbidade administrativa a gestão do prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães (PSB). De acordo com o radialista Bonny Silva, a Prefeitura Municipal contratou a empresa Queiroz Pimentel Serviços Ltda para construção da obra de recuperação da cobertura do canal da feira, que caiu ano passado e causou um acidente com vítimas. O valor da obra é de R$ 93.567,58. O vereador denunciou o uso de máquinas e funcionários da prefeitura realizando os serviços que deveriam ser feitos pela empresa contratada. Na representação, ele ainda apontou os crimes de enriquecimento ilícito, prejuízo ao erário e violação de princípios da administração pública. Em nota, a prefeitura afirmou que “que a pequena parte do trabalho executado pelas máquinas será devidamente descontada”. O MP exigiu explicações e esclarecimentos da Administração em quinze dias. Daí, poderá mover uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa.

31 Mai 2019 - 13:05h

Durante protesto em defesa da educação realizado na cidade de Guanambi, a 141 km de Brumado, alunos e professores fizeram fortes críticas ao prefeito Jairo Magalhães (PSB). Professores da rede municipal criticaram a situação de abandono das escolas, a falta de uma biblioteca digna, e por estarem há dois anos sem, ao menos, a reposição salarial da inflação e o reajuste do Piso Nacional do Magistério. Na oportunidade, os manifestantes ainda falaram sobre as denúncias da educação feitas pelo Ministério Público Federal (MPF). Na manifestação, estudantes e professores chegaram a chamar o prefeito Jairo Magalhães de Bolsonaro de Guanambi devido às inúmeras denúncias de corrupção e o descaso com a educação.

30 Mai 2019 - 20:55h

O cantor Wesley Safadão irá substituir o seu amigo, Gabriel Diniz, no Forró du Vale, em Guanambi, a 141 km de Brumado. Gabriel morreu em um trágico acidente aéreo na última segunda-feira (27). A informação foi confirmada por um produtor ao site Achei Sudoeste na noite desta quinta-feira (30). A produção da festa guanambiense está reunida nesse momento com a imprensa local para anunciar o cantor Wesley Safadão. Ainda segundo apurou a nossa reportagem, a festa será realizada no domingo, 16 de junho, às 15h. Uma homenagem póstuma será realizada para Diniz, com a presença do seu grande amigo, Wesley Safadão.

30 Mai 2019 - 10:00h

Na última quarta-feira (29), após denúncia, a Cipe Sudoeste/Caesg deslocou-se até a Fazenda Morro do Carro, na zona rural de Guanambi, a 141 km de Brumado, onde o indivíduo vulgo Lalinha e seu primo vulgo Tequinha, além de sua namorada, estariam traficando drogas, bem como furtando e receptando objetos. Lalinha é suspeito de atirar contra a ex-companheira e, provavelmente, estaria armado. No local, as guarnições encontraram o trio em uma residência, onde também foram localizados os entorpecentes, três celulares e R$ 20 em espécie. Os três receberam voz de prisão, sendo conduzidos e apresentados na delegacia territorial de Guanambi, onde foi lavrado o flagrante.

29 Mai 2019 - 10:00h

Por unanimidade, os vereadores de Guanambi, a 141 km de Brumado, se declararam, na sessão legislativa da última segunda-feira (27), contrários à construção de uma barragem de rejeitos no município. Na oportunidade, os parlamentares receberam representantes da Bahia Mineração (Bamin), que apresentaram o projeto da mina Pedra de Ferro. Os parlamentares criticaram a proposta e apontaram problemas, como falta de investimento, mudança de modelo de construção [de a montante para a jusante] após a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, falta de debate com a população. Um plebiscito também foi sugerido para saber se a população aprova ou não a construção da mina de rejeitos.

28 Mai 2019 - 08:00h

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), a região de Guanambi, composta por 11 municípios, tem até o momento mais de 300 casos de dengue confirmados. Destes, 4 casos evoluíram para óbito e são investigados como suspeitas de dengue hemorrágica. As ocorrências foram registradas nas cidades de Candiba (01), Pindaí (01) e Urandi (02). No município de Candiba, o Núcleo Regional de Saúde desencadeou várias ações de combate ao mosquito aedes-aegypt, inclusive com a realização do borrifamento costal. Cinco técnicos da Divisão da Vigilância Epidemiológica Estadual permanecerão na região pelos próximos quinze dias.

21 Mai 2019 - 07:00h

Para agravar ainda mais a situação do Hospital Regional de Guanambi, a 141 km de Brumado, funcionários da unidade realizaram uma paralisação, na segunda-feira (20). Durante o movimento, os funcionários relataram o caos vivido na unidade de saúde e disseram que precisam do apoio de toda comunidade a fim de contornar a problemática. A crise também atingiu o Consórcio Regional de Saúde e os prefeitos que compõem o mesmo ameaçam deixar o consórcio se a situação insustentável não for solucionada pelo Governo do Estado.

17 Mai 2019 - 15:00h

A pedido do Ministério Público Federal (MPF), a Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Guanambi, Nilo Coelho (PSDB), e os membros da comissão de licitação, Elisângela Alves Teixeira, David Xavier Souza Júnior e Alencastre Honório Moura, por improbidade administrativa, ao forjar licitação para locação de caminhões em 2009. O valor estimado para a contratação ultrapassou R$ 4 milhões. Segundo o órgão, os réus realizaram licitação de fachada para forjar competição entre falsos participantes para locação de 20 caminhões tipo basculante. Na ação, o MPF apontou diversas irregularidades no edital e no processo de licitação, como restrições indevidas que impediam a ampla participação de interessados. A investigação concluiu que o procedimento licitatório foi realizado para mascarar a contratação direta. Os acionados foram condenados por improbidade administrativa que causa lesão ao erário – por frustrar a licitude de processo licitatório – e também por ofensa aos princípios da administração pública. Além da suspensão dos direitos políticos por cinco anos, a Justiça determinou a todos os condenados o pagamento de multa de três vezes o valor da última remuneração recebida na gestão de Nilo Coelho à frente de Guanambi e a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios e incentivos fiscais ou creditícios por cinco anos.

16 Mai 2019 - 15:00h

De forma liminar, a justiça bloqueou os bens do ex-prefeito de Guanambi, Charles Fernandes (PSD), e de mais seis pessoas após pedido do Ministério Público Federal (MPF). Segundo o órgão, a empresa CFSC, cujos sócios são parentes do ex-prefeito, foi contratada irregularmente para realização de obras em oito escolas do município. Os valores foram pagos antes mesmo de os serviços serem concluídos - na época, a empresa recebeu o montante de R$ 229.184,22, mas de 57% do valor previsto no contrato. A CFSC foi constituída por meio de laranjas para prestar serviços à prefeitura e se beneficiar com contratações ilícitas. Ao longo dos anos, a empresa venceu todas as licitações as quais participou, recebendo cerca de R$ 2,5 milhões de Guanambi. Com o início das investigações, ela deixou de funcionar. A decisão determinou a indisponibilidade de bens dos réus até o valor máximo individual de R$ 16.370,30. Atualmente, Fernandes é deputado federal.

15 Mai 2019 - 09:00h

O Ministério Público Estadual (MPE) e o Município de Guanambi firmaram um acordo que prevê a rescisão, até o próximo dia 30 de setembro, de contratos realizados pela prefeitura com a empresa Organização de Processamentos Informatizados (Orpam) para prestação de serviços de contabilidade. Segundo a promotora de Justiça Tatyane Miranda Castro, a contratação foi realizada mediante indevida inexigibilidade de licitação. A Orpam foi contratada em 2017, com prorrogação contratual em 2018 e 2019, por um valor total superior a R$ 800 mil. O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) prevê ainda, no mesmo prazo, a contratação do serviço de assessoria contábil por meio de processo licitatório. A promotora Tatyane Castro destacou que o serviço contábil é uma atividade rotineira, sem singularidade que justifique a dispensa de licitação.

15 Mai 2019 - 08:00h

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) manteve a inelegibilidade do deputado federal Charles Fernandes (PSD), empossado no início do ano após conquistar a primeira suplência de sua coligação nas eleições de outubro, bem como após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspender a candidatura do ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT). A decisão unânime também derrubou uma medida liminar que havia suspendido os efeitos da inelegibilidade, concedida pelo juiz Diego Castro, relator do processo. Por 7 votos a 0, a decisão do TRE ainda reduziu o valor da multa aplicada ao ex-gestor. Charles foi condenado no ano passado pela Justiça Eleitoral por abuso de poder político, contratações supostamente irregulares quando era prefeito de Guanambi e tentava eleger seu sucessor, Jairo Magalhães (PSB).

15 Mai 2019 - 00:00h

Após boatos de que sua esposa seria demitida do Hospital Regional de Guanambi, onde trabalha como médica neonatologista na UTI há cerca de 18 anos, devido a questões políticas, o presidente do Consórcio de Saúde da Região de Guanambi e prefeito da cidade de Urandi, Dorival Barbosa do Carmo (PP), se manifestou sobre o assunto. Segundo ele, os boatos começaram a circular depois de os prefeitos que compõem o consórcio darem início a uma campanha contra a crise vivida na unidade de saúde. “Os interesses políticos dentro do Hospital Regional são maiores do que a vida das pessoas”, declarou em áudio divulgado no WhatsApp. O gestor disse ainda que esteve no hospital, juntamente com o prefeito de Candiba, registrando o descaso com a saúde pública - foram contabilizadas 43 pessoas espalhadas em macas nos corredores aguardando atendimento, além da falta de medicamentos. As imagens, conforme frisou, serão encaminhados ao governador na esperança de que o mesmo resolva a problemática na unidade, que encontra-se insustentável. “A situação é vergonhosa. A própria política está causando um entrave no Hospital Regional porque tem muitas pessoas mandando dentro do hospital. Estamos lutando para acabar com essa situação”, afirmou.

03 Mai 2019 - 12:35h

Na última terça-feira (30), o Aeroporto Municipal Isaac Moura Rocha, em Guanambi, a 41 km de Brumado, foi liberado para pousos e decolagens de aeronaves particulares. O local havia sido interditado desde setembro de 2018, quando foi fechado para reforço da pista. A operação está restrita a voos diurnos, entre 6h e 17h45. O sistema de luzes de balizamento ainda se encontra em manutenção e os voos noturnos só serão autorizados após a conclusão do serviço.

01 Mai 2019 - 17:35h

Após inúmeras queixas e reclamações dos prefeitos do Consórcio Alto do Sertão, encabeçadas pelo gestor da cidade de Caculé, José Roberto Neves (DEM), o Beto Maradona, o Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde (Sesab), anunciou novos investimentos para o Hospital Regional de Guanambi (HRG), a 141 km de Brumado. De acordo com a pasta, nos próximos 30 dias, o centro cirúrgico do HRG, passará de três para seis salas cirúrgicas e possibilitará dobrar o número de cirurgias. Além disso, em maio será licitada a construção de dez novos leitos de UTI Neonatal e o novo centro obstétrico. As melhorias foram anunciadas pelo secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, nesta quarta-feira (1), após realizar uma inspeção sem aviso prévio na unidade. Também foi anunciado o envio de novos equipamentos para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e emergência. “Uma das estratégias para manter o giro-leito elevado é tornar a unidade mais resolutiva, ampliando o quantitativo de procedimentos de alta complexidade, sobretudo, na área ortopédica e neurológica”, afirma o secretário. O titular da pasta estadual da Saúde pontua ainda que serão implantados contratos por produtividade ao invés de remunerações fixas. Na inspeção foi possível verificar as condições de atendimento da população nas unidades de saúde do Estado, bem como fiscalizar o cumprimento das escalas dos profissionais e aferir o bom funcionamento dos equipamentos de imagem.

01 Mai 2019 - 04:25h

Os 21 municípios que representam o Consórcio Alto Sertão estivaram reunidos na última terça-feira (30) para debater a situação caótica da saúde pública na região e o caos no Hospital Regional de Guanambi (HRG), a 141 km de Brumado. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, os gestores estivaram reunidos em Guanambi, debateram o atendimento precário, descaso no HGR, com demora de mais de 40 dias para realizar cirurgia ortopédica e o favorecimento ao município local na marcação de exames. Inflamados, os prefeitos disseram que 60% do custo da unidade de saúde são bancados pelos municípios do Consórcio Alto do Sertão. O prefeito da cidade de Caculé, José Roberto Neves (DEM), o Beto Maradona, foi enfático ao relatar a situação da saúde pública na região e ironizou o governador Rui Costa (PT). “A situação do Hospital Regional de Guanambi está um caos total! Decidimos marcar uma audiência com o Governador Rui Costa para tratar do assunto. Vamos torcer para que Rui “corre” e marque logo esta audiência porque se não o povo vai morrer na fila! A situação é pior do que uma guerra! Pacientes estão esperando mais de 40 dias para uma cirurgia ortopédica, quando não vão a óbito! Triste Bahia!”.