Achei Sudoeste

25 Abr 2019 - 11:30h

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 24, a atualização da tabela mínima do frete, com reajuste médio de 4,13%. Por lei, os valores devem ser atualizados sempre que o preço do óleo diesel tenha oscilação superior a 10%. Desde a última mudança na tabela, em janeiro, o diesel oscilou 10,69%.  O piso mínimo do frete entrou em vigor no ano passado, como parte do acordo entre o governo e os caminhoneiros visando o fim da greve da categoria. Apesar disso, os motoristas reclamam da falta de fiscalização do mecanismo pelo órgão. Em nota, a ANTT informou que “vem intensificando as fiscalizações em seus postos de pesagem com foco na aplicação da tabela de frete”. Além disso, reiterou que os valores são previamente definidos para cada tipo de autuação, e podem variar no tipo de enquadramento e no valor, entre 550 reais e 10.500 reais.  Nas últimas semanas, o assunto voltou a chamar atenção. No dia 12 de abril a Petrobras anunciou um reajuste de 5,7% no preço do óleo diesel, mas mudou de ideia horas depois, após intervenção do presidente Jair Bolsonaro. Quatro dias depois, o governo federal anunciou um pacote de medidas para atender o setor de transporte de cargas. Entre elas, liberou 500 milhões de reais para uma linha de crédito voltada aos caminhoneiros via BNDES.  A medida, porém, não agradou aos caminhoneiros, que começaram a articular uma nova paralisação em todo o país. A categoria pleiteava maior fiscalização da tabela mínima do frete. No dia 17, a estatal voltou a anunciar um aumento no valor do diesel, desta vez um reajuste de 4,8%, que equivale ao aumento de R$ 0,10 no preço do litro do diesel. A notícia dividiu a categoria. No entanto, depois de novas negociações com o governo, os motoristas desistiram da greve, em troca da promessa da criação de mecanismos mais eficazes para a fiscalização da tabela mínima do frete.

25 Abr 2019 - 11:00h

O Suba 100, uma das maiores provas de Mountain Bike, acontecerá neste final de semana, na cidade de Santa Terezinha, em Feira de Santana. O atleta e empresário Beto Bike estará entre os 1500 ciclistas que participarão da competição. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele disse que a prova, que está em sua quarta edição, é uma das que mais atrai participantes na Bahia. Para o atleta, será um desafio para conhecer o que há de novo no mercado esportivo do ciclismo, além de uma oportunidade de fazer contatos. Serão 160 km de trilha, com muitos aclives e declives, executados durante dois dias. “Se o homem tiver uma vida sem desafios, perdeu a graça. O objetivo é largar e chegar. É gostoso e prazeroso você ver que vai ser sofrido, mas vai valer a pena. É um evento diferenciado”, afirmou. O empresário fez questão de ressaltar que o intuito da prova é largar e concluir, não necessariamente ser o primeiro, devido ao alto nível de dificuldade da competição.

25 Abr 2019 - 10:30h

A arrecadação das receitas federais somou 109,854 bilhões de reais em março, com queda de 0,58% (descontada a inflação) em relação ao mesmo mês de 2018, segundo a Receita Federal. É o mais baixo valor arrecadado desde 2017. Em relação a fevereiro deste ano, a queda foi ainda maior, de 5,24%. Segundo a Receita Federal, o resultado é explicado pela redução nas alíquotas de tributos sobre o óleo diesel, o que diminuiu a arrecadação a partir de junho de 2018. Outro fator apontado foi a redução no recolhimento de programas de renegociação de dívidas tributárias neste ano. De acordo com a Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia, a arrecadação de março veio abaixo da expectativa mediana (desconsidera os extremos nas projeções) do mercado financeiro, de 115 bilhões de reais. Entretanto, a secretaria ponderou que em fevereiro o resultado ficou acima do projetado pelos analistas do mercado. De janeiro a março, a arrecadação somou 385,341 bilhões de reais, com crescimento de 1,09% sobre igual período do ano anterior. Segundo o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita, Claudemir Malaquias, a queda real de 0,58% veio dentro das projeções do órgão. Ele afirmou que, no mês passado, o governo já revisou para baixo as previsões do ano. As desonerações concedidas pelo governo resultaram em uma renúncia fiscal de 23,212 bilhões de reais entre janeiro e março de 2019, valor maior do que no mesmo período do ano passado, quando ficou em 20,741 bilhões de reais. Apenas em março, as desonerações totalizaram 8,121 bilhões de reais, também acima das do mesmo mês do ano passado (6,966 bilhões de reais). Já as reduções do PIS/Cofins sobre o diesel e da Cide, dadas no ano passado após a greve dos caminhoneiros, acumulam custo de 1,280 bilhão de reais e 377 milhões de reais, respectivamente.

25 Abr 2019 - 10:00h

Na última terça-feira (23), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações publicou no Diário Oficial da União a prorrogação da Autorização para Operação Permanente (AOP) por mais dois anos à Unidade de Concentrado de Urânio (URA ) das Indústrias Nucleares do Brasil (INB) em Caetité, a 100 km de Brumado, concedida pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen). Segundo o órgão, a INB atendeu de forma satisfatória as condições exigidas na legislação pertinente. Na publicação, consta que, caso julgue necessário, a Cnen poderá suspender a licença para preservação da segurança nuclear e radiológica.

25 Abr 2019 - 09:30h

O Curso de Energia Solar Fotovoltaica será promovido pela empresa Eletec Cursos na cidade de Brumado, com aulas práticas e teóricas. As aulas serão ministradas na Unicesumar, entre os dias 25 e 28 de abril. O curso visa qualificar e certificar profissionais para trabalharem no segmento. De acordo com o professor Edson Meirelles, sócio da Eletec Cursos, este é o setor que mais cresce no mundo e a região possui o maior potencial para geração de energia solar no país. Os interessados devem entrar em contato com a empresa responsável através do telefone (77) 99944-6138.

25 Abr 2019 - 09:00h

A Operação Semana Santa foi realizada pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) durante o período do feriado, nas rodovias de acesso à região sudoeste. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o Capitão Mota destacou que o recesso foi tranquilo, com um saldo positivo em comparação ao mesmo período do ano passado. De acordo com o relatório da operação, foram registrados 02 acidentes, 01 com vítima e 01 sem vítima. Além disso, houve um aumento considerável no tráfego nas rodovias da região. “Nós aumentamos a fiscalização de veículos nos postos e também com as blitz volantes realizada pelo Tático Ostensivo Rodoviário. Tivemos um aumento de, praticamente, 100% de pessoas abordadas, de 2018 para 2019 - foram, aproximadamente, 1032 pessoa”, declarou. O Capitão informou que a operação continua com a realização de abordagens, agora com a finalidade de prevenir delitos nas rodovias, especialmente o tráfico de drogas e o porte ilegal de armas. “A gente vem trabalhando nas rodovias da região, não só buscando o fator da fiscalização repressiva, mas também de modo a tentar educar o cidadão”, finalizou.

25 Abr 2019 - 08:30h

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a ação popular na qual um juiz da 14ª Vara do Distrito Federal concedeu liminar que abriu brecha para que psicólogos oferecessem terapia de reversão sexual, conhecida como “cura gay”, tratamento proibido pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) desde 1999. A decisão de Cármen foi tomada no dia 9 de abril e publicada no Diário de Justiça nesta quarta-feira, 24. Em setembro de 2017, o juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho acolheu um pedido da psicóloga Rozangela Alves Justino, segundo o qual a Resolução do CFP restringia a liberdade científica. A Resolução 001/1999 do órgão estabelece que “os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados”. A norma aponta que “os psicólogos não exercerão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades”. Em sua decisão, Cármen sustentou que parece haver “usurpação da competência” do STF, prevista no artigo 102 da Constituição, o que justifica a suspensão da tramitação da ação popular. A legislação estabelece que cabe à Corte máxima processar e julgar “a ação direta de inconstitucionalidade de lei ou ato normativo federal ou estadual e a ação declaratória de constitucionalidade de lei ou ato normativo federal”. “Sem prejuízo da reapreciação da matéria no julgamento do mérito, defiro a medida liminar requerida para suspender a tramitação da Ação Popular e todos os efeitos de atos judiciais nela praticados”, afirma a ministra. Com a decisão, a resolução do CFP se mantém “íntegra e eficaz”, ressaltou Cármen.

25 Abr 2019 - 08:00h

Agora, os usuários da rede pública de saúde têm acesso de forma quase instantânea aos resultados de exames laboratoriais do Laboratório Central (Lacen) através do site da prefeitura, o www.brumado.ba.gov.br. O objetivo, segundo a Administração Municipal, é proporcionar mais conforto, comodidade e dar condições ao paciente de acessar e imprimir via online os exames. Para obter os resultados, o paciente deve entrar no site e clicar no menu Resultados de Exames Lacen.

25 Abr 2019 - 07:30h

Subiu para 233 o número de mortos identificados no rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, 37 pessoas ainda são procuradas pelos bombeiros e dois nomes foram retirados da lista de desaparecidos, nesta quarta-feira (24), a pedido da Polícia Civil. No dia 25 de janeiro deste ano, a barragem da Mina Córrego do Feijão se rompeu, matando dezenas de pessoas e contaminando o Rio Paraopeba, um dos afluentes do Rio São Francisco. Os rejeitos devastaram a área administrativa da mineradora, incluindo o refeitório, onde muitos trabalhadores almoçavam na hora do rompimento. A usina ITM de beneficiamento também foi atingida, assim como vagões de trens e veículos que estavam na empresa. Após varrer a mineradora, a lama atingiu comunidades de Brumadinho destruindo casas, inclusive uma pousada, a atingindo propriedades rurais. No 90º dia de buscas, o Corpo de Bombeiros atua com 150 militares, quatro cães e 97 máquinas pesadas divididos em 24 frentes de trabalho.

25 Abr 2019 - 07:00h

Após denúncia, o Centro Integrado de Comunicações (Cicom) informou que na Rua Laguna, no Bairro Novo Brumado, um indivíduo havia agredido fisicamente uma idosa. De posse dessa informação, uma guarnição de motopatrulhamento encontrou no local uma senhora que disse que o vizinho havia a agredido com um soco, abrindo-lhe os supercílios. Em meio a essa situação, a guarnição, com a permissão da proprietária, adentrou a residência do agressor, que foi então capturado e conduzido à Delegacia Territorial de Brumado para fins de esclarecer o fato.

25 Abr 2019 - 00:00h

Aumentou o número de casos de dengue e de outras arboviroses na cidade de Brumado em relação ao mesmo período do ano passado. A situação preocupa a Vigilância Epidemiológica Municipal (Vigep). Em entrevista Achei Sudoeste, a coordenadora da Vigep, Ilka Lima, destacou que os números não são alarmantes, mas preocupam o setor devido ao histórico de surtos registrado no município. “Já estamos tomando as devidas ações quanto a isso, mas receosos quanto ao que poderá acontecer devido ao período de chuva e agora o período quente, que é propício ao surgimento de mosquitos”, frisou. A coordenadora informou que já foram registrados casos positivos de dengue na cidade e o objetivo é identificar o tipo de vírus que circula no município, a fim de serem adotadas as melhores ações de combate ao mosquito. Segundo Lima, o índice de infestação predial do aedes-aegypti é de 2.4 em Brumado, considerado alto, porém ainda dentro da realidade do município. Os bairros onde há maior índice de infestação são o Dr. Juracy e o São Félix. A coordenadora fez um apelo à comunidade para redobrar os cuidados com recipientes que possam acumular água e serem um reservatório para proliferação do mosquito. “Precisamos estar sempre em alerta. Todo cuidado é pouco!”, reiterou.

24 Abr 2019 - 21:15h

A Polícia Civil de Brumado, da 20ª Coorpin, prendeu quatro pessoas em sua área de atuação nesta quarta-feira (24) durante a megaoperação nacional denominada #PC27. Segundo informou a polícia ao site Achei Sudoeste, quatro mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos. Três pessoas foram presas em Livramento de Nossa Senhora e uma em Brumado, condenadas pela prática de delitos, tais como homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Os nomes não foram divulgados pela polícia. Em todo o país a Polícia Civil apreendeu e prendeu mais de 2200 pessoas, empregando o total de 12718 policiais e 4040 viaturas. Os presos permanecerão custodiados nas carceragens de Livramento de Nossa Senhora e Brumado, até ulterior remoção para uma unidade prisional.

24 Abr 2019 - 17:00h

Um homem não identificado morreu na madrugada desta quarta-feira (24), após ser atropelado por uma carreta, na BR-116, em Vitória da Conquista, aa 132 km de Brumado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no Km-816 da rodovia, nas proximidades da localidade de Lagoa das Flores, às 2h50. A carreta tem placa do estado do Rio Grande do Sul. Segundo informações de testemunhas, o pedestre estava parado sobre a pista no momento do acidente. O condutor da carreta, um homem de 39 anos, foi encaminhado a Polícia Civil local para prestar esclarecimentos. A vítima foi levada pelo Instituto Médico Legal de Vitória da Conquista. Não há detalhes sobre sepultamento.

24 Abr 2019 - 16:30h

O engenheiro Felipe Figueiredo Rocha, da área de Recursos Hídricos da Vale, afirmou que, em uma reunião interna da mineradora, ele apontou a situação de risco de algumas barragens, incluindo a do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), que rompeu em janeiro deste ano e deixou pelo menos 231 mortos. Rocha foi ouvido pela CPI de Brumadinho nesta terça-feira, 23. A comissão foi aberta no Senado para apurar as causas do rompimento da barragem. “Os riscos da barragem, apesar de não serem iminentes, foram apresentados para a diretoria da Vale. A todas apresentações e todas informações a que eu tive acesso, eu dei publicidade”, declarou o engenheiro na CPI, que não soube afirmar se os relatórios chegaram “em sua completude” ao presidente da empresa, Fábio Schvartsman. O executivo citou o engenheiro durante a sua participação na comissão, afirmando que, se soubesse de algo, Rocha poderia ter feito denúncia nos canais da companhia. Em seu depoimento aos senadores, Felipe Rocha afirmou que optou por contratar uma advogada particular, sem utilizar serviços jurídicos da Vale. De acordo com Rocha, o relatório sobre as recomendações da barragem em Brumadinho havia sido enviado para a diretoria e a análise de risco foi feita por um consórcio que incluía a empresa Tüv Süd. O engenheiro informou na CPI que, apesar dos relatórios, os funcionários da geotécnica não demonstraram preocupação com os riscos. Ele acrescentou que possui a lista de presença das reuniões em que tais pautas foram conversadas. Ainda, o engenheiro leu na CPI um e-mail sobre a situação da barragem do Córrego do Feijão que, segundo ele, seria para comprovar que os diretores foram comunicados. Mesmo assim, Rocha afirmou que não é possível colocar a Vale como culpada pelo rompimento da barragem porque ainda há uma investigação. Ele afirmou que sua área não é a responsável pela definição de limite de risco das barragens. Na sessão de ontem, a CPI também ouviu César Grandchamp, geólogo da Vale que afirmou que “não tinha nada” que dissesse à empresa que a estrutura em Brumadinho poderia estar em risco. Questionado pelos parlamentares, o geólogo afirmou que a companhia está pagando sua defesa no processo e que este é um “direito” dado aos funcionários da empresa. Auditor da empresa alemã Tüv Süd, Arsênio Negro Júnior preferiu ficar calado.

24 Abr 2019 - 16:00h

Estudantes do povoado de São Domingos 2em Vitória da Conquista, a 132 km de Brumado, vivem uma espécie de rodízio para ir à escola. São dezenas de estudantes que não consegue frequentar as escolas devido a mudanças no transporte que atende à localidade. Segundo a TV Sudoeste, a unidade escolar que atende os estudantes de São Domingos 2 fica no povoado da Estiva, a quase 10 quilômetros de distância. Um aluno ouvido pela reportagem disse que chegou a percorrer o caminho a pé. Antes, um ônibus atendia a localidade, mas atualmente uma Kombi é que faz o serviço. A justificativa dada, segundo os moradores, é redução e custos no transporte. Procurada, a secretaria de educação do município disse que foi feita uma licitação para contratação de uma prestadora do serviço, mas que a ganhadora da concorrência não apresentou a documentação em tempo. Devido a isso, a pasta declarou que tem suprido as necessidades com veículos da frota da prefeitura. A secretaria ainda afirmou que vai chamar a segunda colocada na licitação para executar o serviço.

24 Abr 2019 - 15:30h

A economia brasileira fechou 43.196 empregos com carteira assinada em março deste ano, segundo números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quarta-feira (24) pelo Ministério da Economia. O saldo é a diferença entre as contratações (1.216.177) e as de demissões (1.304.373) no período. Esse foi o primeiro resultado negativo em três meses. A última vez que o Brasil havia registrado demissões foi em dezembro do ano passado, com o fechamento de 341.621 postos com carteira assinada. O resultado surpreendeu os analistas do mercado financeiro, que estimavam nova abertura de vagas no mês passado. Esse também foi o pior saldo para meses de março desde 2017, quando 62.624 trabalhadores foram demitidos. No mesmo mês do ano passado, foram registradas 56.151 contratações. Após três anos seguidos de demissões, a economia brasileira voltou a gerar empregos com carteira assinada em 2018, quando foram abertas 529.554 vagas formais, de acordo com dados oficiais.

24 Abr 2019 - 15:00h

Um homem foi encontrado morto dentro de sua residência, no Distrito de Iguatemi, em Livramento de Nossa Senhora, a 68 km de Brumado. Segundo informações da Polícia Civil, o corpo de José das Graças de Souza foi localizado no início da noite de ontem (23) por populares no quintal do imóvel. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado para realizar o levantamento cadavérico. Depois, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Brumado. As causas da morte ainda são desconhecidas.

24 Abr 2019 - 14:30h

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (24) aponta que 35% dos brasileiros acreditam que o primeiro trimestre do governo de Jair Bolsonaro é ótimo ou bom. O número é superior ao dos que consideram a administração ruim ou péssima, 27%. Pelo menos 31% dos entrevistados avaliam o governo como regular. O levantamento é a primeira Pesquisa CNI-Ibope sobre a gestão Bolsonaro, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O primeiro trimestre de Bolsonaro é a sexta com melhor avaliação desde a chegada de Fernando Collor ao Palácio do Planalto em 1990. O número dos que avaliam a atual administração como ótimo ou bom é inferior aos obtidos no primeiro mandato de Dilma Rousseff (56%), nos dois mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva, 51% e 49%, respectivamente, Fernando Collor (45%) e o primeiro governo de Fernando Henrique Cardoso (41%). Assim, a atual gestão é mais bem avaliada que a de Itamar Franco (34%), que o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso (22%), que Michel Temer (14%) e que o segundo mandato de Dilma Rousseff (12%). A CNI-Ibope aponta, também, que a população tem opinião mais positiva sobre Jair Bolsonaro do que em relação ao seu governo. Pouco mais da metade dos entrevistados (51%) afirma confiar no presidente, mesma parcela da população que diz aprovar a sua maneira de governar. Contudo, 45% das pessoas ouvidas pela pesquisa afirmaram não confiar em Bolsonaro e 40% desaprovam sua maneira de governar.

24 Abr 2019 - 14:00h

Neste mês de abril, a 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) deu início a uma operação com o intuito de identificar e apreender veículos com restrição de furto e roubo que estariam circulando na região, bem como os envolvidos no comércio ilegal dos veículos. Segundo informações obtidas pelo site Achei Sudoeste, durante a operação, foram recuperados 18 veículos em menos de quinze dias. Além disso, 10 pessoas foram conduzidas à delegacia pelo crime de receptação. As operações da 94ª CIPM continuam em todas as cidades que pertencem à companhia.

24 Abr 2019 - 12:00h

O trecho da Ferrovia Oeste Leste (Fiol) localizado entre as cidades de Caetité e Ilhéus deve ser concedido à iniciativa privada até o final deste ano. O trecho chamado de Fiol I tem 537,2 quilômetros e já está com 76,2% das obras concluídas. A principal função da ferrovia será escoar a produção de minério de Caetité até Ilhéus, onde é prevista a construção de um porto. Segundo informações do jornal Correio, além dos chineses, a Bahia Mineração (Bamin), empresa de Caetité, tem chamado a atenção de outros grandes players do setor. Através de comunicado, a Bamin respondeu que tem recebido demonstrações de interesses de empresas de diversas partes do mundo, mas que não pode comentar eventuais negociações em andamento por conta das cláusulas de confidencialidade.